Petrolândia: Lideranças sindicais e integrantes de tendência do PT discutem rumos da legenda para 2016

por Carlos Britto // 02 de julho de 2015 às 08:00

PT reunião petrolandiaUma reunião realizada no início desta semana em Petrolândia (PE), no Sertão de Itaparica, por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) e membros da coordenação estadual da tendência EPS – do Partido dos Trabalhadores (PT) – discutiu os rumos da legenda em 2016 no município.

Segundo informações repassadas ao Blog, a pauta abordou as possíveis alianças que poderão ser feitas visando às eleições municipais. Mas não foi só isso.

Os participantes do encontro também trataram da conjuntura do PT em nível nacional. Na ocasião eles também traçaram estratégias para fortalecer o PT nas bases, resgatando um diálogo mais próximo com os movimentos sociais e sindicatos, que foi enfraquecido ao longo dos 12 anos de governo petista, e criticaram os ataques à presidente Dilma Rousseff, feitos por “setores conservadores” do país.

O encontro serviu também para definir dois atos de filiação à legenda: um menor, com os militantes mais próximos do PT no município, e outro de maior proporção, com a presença de lideranças do partido em nível nacional e estadual, possivelmente no mês de agosto.

Petrolândia: Lideranças sindicais e integrantes de tendência do PT discutem rumos da legenda para 2016

  1. Maria do Socorro disse:

    E não discutiram os ataques da polícia federal ao Luladrão, Dilma Sapiens e as ações proativas do PT, como mensalão, rombo na Petrobrás, propinoduto, BNDES, ajuste fiscal, inflação, desemprego, alta dos juros, impunidade penal para menores monstros, etc, etc, etc…?
    Só falaram de como arrebanhar os inocentes e os marginais do MST, aposto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *