Pesquisa da Facape mostra aumento de casos de Covid-19 em Petrolina e Juazeiro nos últimos 2 meses e redução de óbitos a partir da vacinação

0

A Facape divulgou nesta terça-feira (5) mais uma pesquisa de evolução da Covid-19 nos municípios de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). A pesquisa, que é realizada pelo Colegiado de Economia, registrou aumento na quantidade de novos casos na cidade pernambucana, nos meses de março e abril, em relação a janeiro e fevereiro. Nos dois primeiros meses do ano foram 4.393 novos casos. O número sobe para 7.768 em março e abril.

Os índices em Juazeiro são menores, tendo 1.664 novos casos no primeiro bimestre e 4.231 nos dois meses seguintes. Nas duas cidades o aumento foi muito elevado nos meses de março e  abril. Em Juazeiro os óbitos cresceram 115,1%, quando comparado janeiro e fevereiro com março e abril.

Já em Petrolina, o crescimento foi de 212,2%. A taxa de mortalidade é a razão entre óbitos e casos confirmados. Nas duas cidades, os comportamentos foram diferentes. Na cidade baiana, a taxa passou de 1,83% em janeiro para 1,75% em abril, ou seja, novos casos apareceram proporcionalmente ao número de óbitos.

Em Petrolina essa taxa era de 1,2% em janeiro e subiu para 1,45% em abril  confirmando o aumento de novos casos proporcional ao aumento de óbitos.

O coordenador da pesquisa e doutor em economia aplicada, João Ricardo de Lima, explica os índices de novos casos com os novos índices de óbito na região. “Esta é a primeira análise após a vacinação que começou no dia 19 de janeiro em Petrolina, e mostra uma redução no número de mortes nas faixas de idade mais elevadas, que já foram vacinadas, e um aumento percentual nas faixas que ainda não tomaram a vacina, notadamente os mais jovens, que precisam fazer a sua parte e evitar aglomerações, respeitar o distanciamento social e fazer o uso da máscara e álcool gel de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Dessa forma, destaca-se a eficácia da vacina nesse sentido“, explica João Ricardo.

Apesar dos indicadores mostrarem que o número de casos de Covid-19 aumentou na região do Vale do São Francisco, a taxa de mortalidade é abaixo da média nacional (2,8%) e regional (2,47%).

Testes

Os dados reforçam a importância dos testes para identificar novos casos e cumprir as medidas necessárias de isolamento social segundo instruções do Ministério da saúde. O indicado é que se faça o máximo de testes na população para identificar os novos casos e posteriormente isolar as pessoas/famílias infectadas. Nos meses de março e abril, Petrolina fez mais de 30 mil testagens. Em Juazeiro esse número é menor, com pouco mais de 6 mil testes realizados durante o mesmo período. “É importante continuar testando, fazendo campanhas, pois existem muitos casos de assintomáticos com potencial de transmitir o vírus. O ideal ainda é sair de casa somente se houver necessidade, e se possível não permanecer por muito tempo em situações que proporcione aglomeração de pessoas”, finaliza o pesquisador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

14 − seis =