Pernambuco tem mais 1.156 casos do novo coronavírus e 48 óbitos

por Carlos Britto // 14 de junho de 2021 às 07:20

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou em Pernambuco, neste domingo (13), mais 1.156 casos do novo coronavírus (Covid-19). Entre os confirmados hoje, 115 (10%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.041 (90%) leves. Agora, Pernambuco totaliza 519.577 infectados pela doença, sendo 47.448 graves e 472.129 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Também foram confirmados 432.119 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.036 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 405.083 eram casos leves.

Houve ainda 48 óbitos (28 masculinos e 20 femininos), ocorridos entre os dias 6 de abril e 12 de junho deste ano. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Alagoinha (1), Barra de Guabiraba (1), Belo Jardim (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Caetés (1), Camaragibe (1), Camutanga (1), Caruaru (7), Casinhas (1), Custódia (1), Feira Nova (1), Flores (1), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (7), Olinda (1), Passira (1), Petrolina (1), Recife (12), Riacho das Almas (1), Ribeirão (1), Salgueiro (1), São José do Egito (1), São Lourenço da Mata (2) e Toritama (1). Com isso, o Estado totaliza 16.828 mortes pela doença.

Vacinação

O Estado já aplicou 3.391.490 doses da vacina contra a Covid-19, chegando a 2.394.465 pernambucanos já vacinados com a primeira dose. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 290.880 trabalhadores de saúde; 25.925 povos indígenas aldeados; 42.327 em comunidades quilombolas; 7.649 idosos em Instituições de Longa Permanência; 629.502 idosos de 60 a 69 anos; 396.849 idosos de 70 a 79 anos; 201.264 idosos de 80 anos e mais; 1.429 pessoas com deficiência institucionalizadas; 17.615 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 351.537 pessoas com comorbidades; 23.923 pessoas com deficiência permanente; 45.401 gestantes e puérperas; 180.610 pessoas de 50 a 59 anos; 705 pessoas em situação de rua, 506 pessoas privadas de liberdade; além de 178.343 trabalhadores de serviços essenciais.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 216.413 trabalhadores de saúde; 25.587 povos indígenas aldeados; 1.268 em comunidades quilombolas; 5.624 idosos institucionalizados; 272.183 idosos de 60 a 69 anos; 321.275 idosos de 70 a 79 anos; 148.199 idosos de 80 anos e mais; 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas e 5.295 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; totalizando 997.025 pessoas que já finalizaram o esquema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *