PDT quer respaldo de Lula para pré-candidatura de Ciro Gomes

0
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

A cúpula do PDT tenta garantir na Justiça o direito de visitar Lula na prisão, em Curitiba. Não se trata exatamente de visita de solidariedade ao petista. O plano é conversar, sem intermediários, para saber se é possível algum acordo envolvendo Lula e o partido nas eleições presidenciais. Leia-se: criação de uma frente de esquerda. O PDT, obviamente, topa na hora se a frente for montada em torno de Ciro Gomes.

É por isso que, se for autorizada, a visita vai incluir Ciro, além de Carlos Lupi (presidente da sigla) e do deputado André Figueiredo (ex-ministro das Comunicações).

O comando do PDT sabe que no pacote dos candidatos de esquerda Ciro Gomes tem um peso bem maior. E acredita que sua candidatura presidencial é competitiva. Com ou sem apoio de Lula e do PT

Por causa disso, acham que a negociação com Lula tem de ser feita de forma diferente. Querem ouvir o ex-presidente para saber o que cabe na mesa de negociações. Curiosamente, os três emissários do PDT foram ministros em governos petistas. Ciro foi ministro de Lula. Carlos Lupi e André Figueiredo estiveram com Dilma Rousseff. (Fonte: BR18)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome