Candidato a governador da Bahia acusa governo petista de abandonar política de recursos hídricos

1

Paulo SoutoO candidato ao Governo da Bahia, Paulo Souto (DEM), principal adversário do petista Rui Costa, prometeu a construção de novas barragens e a reativação da política de recursos hídricos, que segundo ele, foi abandonada pelo atual governo do estado.

“Em oito anos, eles não fizeram uma barragem. Além disso, vamos estruturar um sistema produtivo consistente para a região através do Programa Estadual de Desenvolvimento do Semiárido, com diversas ações, a exemplo do novo Cabra Forte, o Nossa Fibra e o Produzir”, disse Souto.

O candidato do Democratas visitou os municípios de Tanquinho, Nova Fátima, Gavião, São Domingos, Valente e Santa Luz, no centro norte baiano, região metropolitana de Feira de Santana.

Acompanhado de Geddel Vieira Lima (PMDB), candidato ao Senado, Souto afirma que com o apoio de Geddel em Brasília, vai lutar para que o Governo Federal adote um Plano Nacional de Desenvolvimento do Semiárido.

Ele também destacou a falta de investimento do governo petista nos pólos industriais e disparou. “Incapaz até mesmo de segurar as indústrias que existiam em diversas cidades, que fecharam ou foram embora por falta de apoio do PT”, disse.

Na comitiva estavam o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, os estaduais Carlos Geílson e Tom Araújo, além dos candidatos Zé Chico (federal) e Luciano Simões Filho (estadual).  As informações são da assessoria. (Foto/divulgação)

1 COMENTÁRIO

  1. A incompetencia do atual governo se estendeu do hídrico a saúde, na educação, e mais acentuadamente na segurança. Volte, Dr. Paulo Souto, porque esta Casa é sua!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

seis + dezenove =