Operação ‘Rodovida’ da PRF em Pernambuco divulga números do Natal e Ano Novo

0
(Foto: Arquivo/Divulgação)

Com atuação intensificada até o próximo dia 22 de fevereiro, a Operação Integrada ‘Rodovida’ da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou os primeiros números referentes ao período de Natal e Ano Novo. De 29 de dezembro de 2017 a 1° de janeiro de 2018, foram registrados 53 acidentes, que deixaram 35 feridos e três pessoas mortas.

Em comparação ao período natalino, houve uma redução de 50% no número de mortes e 18% no índice de acidente, já que entre os dias 23 e 25 de dezembro foram registrados 71 acidentes, com 51 feridos e 6 pessoas mortas.

O balanço total de final de ano, incluindo o período de Natal e Ano novo, contabilizou o total de 124 acidentes, com 86 feridos e nove mortes. Em 2016, entre os dias 23 de dezembro de 2016 ao dia 1º de janeiro 2017, foi registrado o total de 109 acidentes, que deixaram 99 feridos e quatro pessoas mortas.

Dos três acidentes com óbitos, dois envolveram atropelamento de pedestres. O primeiro ocorreu na madrugada da sexta-feira (29/12), na BR-407, em Petrolina. Um ciclista que estava cruzando a rodovia foi atropelado por um motorista não identificado. Ele fugiu do local sem prestar socorro. Já o segundo aconteceu na noite do sábado (30/12), na BR-232, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata, um homem foi atingido por um veículo enquanto atravessava a rodovia. O condutor evadiu-se sem prestar socorro à vítima.

Em geral os atropelamentos decorrem da falta de atenção do motorista na condução do veículo. Vale lembrar que, segundo o artigo 304 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), responde criminalmente o condutor de veículo que na ocasião do acidente deixar de prestar imediato socorro à vítima.

Durante esse período, 895 pessoas e 921 veículos foram fiscalizados, sendo emitidas 746 autuações por diversas infrações ao Código de Trânsito. Entre elas, destacam-se 46 por ultrapassagens em local proibido, 41 pelo não uso do cinto de segurança, 9 pela falta da cadeirinha e 4 por conduzir motocicleta sem capacete.

Embriaguez

No combate à alcoolemia, a PRF contou com o apoio das equipes da Operação Lei Seca, sendo realizados 652 testes com o bafômetro, e emitidas 16 autuações. Duas pessoas que estavam dirigindo sob efeito de álcool, com índice superior a 0,34 mg/l, foram presas.

Durante as fiscalizações, também foram recolhidos 55 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 22 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) por diversas irregularidades. Registrou-se, ainda, 29,3 toneladas de excesso de peso em veículos de transporte de cargas e o recolhimento de 6 animais soltos às margens da rodovia.

O combate à criminalidade contou com o apoio do Núcleo de Operações Especiais, através dos Grupos de Policiamento Tático e do Grupo de Motociclismo da PRF, o que culminou com a prisão de 6 pessoas por diversos crimes, tais como uso de documento falso, assalto a veículo, embriaguez ao volante e receptação. As informações são da PRF. (Foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

2 × 2 =