Operação ‘Maçã Podre’ prende três homens da mesma família por venda de iPhones roubados no norte da Bahia

0
(Foto: SSP-BA/Divulgação)

Uma operação denominada ‘Maçã Podre’, deflagrada na terça-feira (24) pela Delegacia Territorial (DT) de Paulo Afonso, no norte da Bahia, para apurar a comercialização de smartphones roubados, resultou na prisão de três homens da mesma família, proprietários de uma conhecida loja que comercializava iPhones, da Apple (daí o nome da operação, já que a marca tem uma maçã como símbolo). A polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em dois estabelecimentos da família e apreendeu dezenas de aparelhos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o trio vinha sendo investigado há seis meses e foi preso em flagrante, depois que a polícia encontrou um caderno com anotações com o IMEIs de diversos aparelhos, todos com restrição de furto ou roubo, na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Durante a investigação descobrimos que os donos das lojas compravam e revendiam celulares sem se preocupar com a origem dos aparelhos, os quais, após algum tempo de uso, passavam a apresentar defeitos e até chegavam a ser bloqueados”, explicou a delegada Antônia Jane de Araújo, titular da DT/Paulo Afonso.

Nas duas unidades da loja, instaladas nos bairros BTN II e Centro, de Paulo Afonso, os policiais também encontraram celulares desmontados e peças avulsas, que serão encaminhadas para a perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os três presos devem ser encaminhados para audiência de custódia com um juiz, eles vão responder por receptação qualificada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome