Prefeito de Curaçá a um passo da cassação

1

DSC02232_600x450Depois do parecer do relator do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) pedindo a cassação do prefeito de Curaçá, Carlinhos Brandão, a situação ficou crítica.

Carlinhos foi denunciado pelo Ministério Público (MP) através de ação impetrada pela Coligação ‘Democracia com Respeito e Realizações’, representada pelo advogado Marco Aurélio Ferreira e o ex-prefeito Salvador Lopes (PT). Em maio deste ano, a Procuradoria Eleitoral da Bahia  também entrou com denúncia contra o prefeito.

Na última quinta-feira (31/7), um dos juízes teria pedido vista do processo, o que adiou o julgamento do mandato do prefeito. Porém, o pedido de vista tem prazo determinado por lei, e, que não pode ultrapassar 21 dias. Nesse mês de agosto, haverão 11 sessões de julgamento nas seguintes datas: 4, 5, 6, 7, 12, 13, 19, 20, 26, 27, 28. Num desses dias, o destino de Carlinhos será anunciado.

A coligação acusa o gestor e seu vice, Rogério Bahia, da prática de captação ilícita de sufrágio e abuso do poder econômico através de gastos contabilizados durante as eleições de outubro de 2012. (Fonte: Jornal Ação Popular)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome