O novo coronavírus e o perigo dos esgotos em Petrolina

2

O novo coronavírus (Covid-19) vem mostrando todas as suas facetas inusitadas e assustadoras desde o início da pandemia que chegou ao país. Além do comportamento distinto de um paciente para outro, a doença agora passa a ser analisadas sob outro aspecto.

Pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) já iniciaram um estudo para averiguar uma provável contaminação da Covid-19 pelo esgoto e até pelo ar. Em Belo Horizonte (MG), a Agência Nacional das Águas juntou a outros órgãos e instituições com esse mesmo intuito.

Petrolina, com uma população estimada de 350 mil habitantes, também poderia abraçar essa pesquisa. Afinal de contas, o esgotamento sanitário da cidade é um dos maiores alvos de críticas dos comunitários em vários bairros. Se já existe comprovação de que o vírus pode mesmo estar presente em ambientes como esses, então o temor não ficará restrito apenas à Capital do Sertão.

2 COMENTÁRIOS

  1. A administração do governo Miguel Coelho, esta voltada mais para refazer o que já havia sido feito por outros governos. Uma das suas obras de pavimentação na Agrovila Massangano, com as próximas chuvas o asfalto acaba, a vila não é saneada a água não é tratada, trazendo consequências sérias para aquela população. O posto de saúde, é sempre lotado. O governo Miguel Coelho, é de exploração do servidor publico, perseguidor, seus comandados praticam o assédio moral diariamente, desconsideram as leis do SUAS, extrapolando nos horários de serviço para os profissionais do CRAS, servidores da autarquia SEDESDH.. São chefias sem nenhuma empatia, governo extremamente desumano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome