Novidade nas eleições municipais de Petrolina, Vinicius de Santana diz que está entrando “para vencer”

9
Foto: reprodução

Novidade no cenário eleitoral deste ano em Petrolina, o comunicador e blogueiro Vinicius de Santana assegurou que não está entrando na disputa pela prefeitura de uma das maiores cidades de Pernambuco apenas para “apresentar” seu nome. Em entrevista ao Programa Carlos Britto (Rural FM) nesta quarta-feira (15), ele revelou que há mais de 10 anos já vinha conversando sobre essa possiblidade com o diretório do seu atual partido, o PCdoB – do qual, inclusive, começou a militar na vida pública ainda jovem.

Tenho 64 anos dedicados a Petrolina, em todas as áreas. Vou plantar meu nome pra que? vou plantar meu nome pra vencer, pra mostrar a Petrolina que tem mais um filho dela compromissado com sua terra. Não vim pra confundir, mas pra prestar minha contribuição como tenho prestado em tantas outras frentes dessa cidade que tanto a gente gosta”, declarou.

Aliado político de Fernando Bezerra Coelho (MDB) por 22 anos, Vinicius ocupou cargos de secretário em sua gestão e também na de Odacy Amorim (PT), quando este governo Petrolina por dois anos (2007/08). Depois disso, ele uniu forças ao então novato Julio Lossio, que foi eleito prefeito pela primeira vez, em 2008, e reeleito em 2012. Mas Vinicius lembrou ter acompanhado de perto os mandatos de gestores desde a época de Simão Durando. “Você vai fazendo um parâmetro, vai contribuindo e vai também aprendendo”, argumentou.

Ele contou ainda que, após ter recebido o convite, fez uma reflexão ponderada com a família e amigos, e decidiu que esse era o momento certo para encarar o desafio. Dizendo-se “privilegiado” por ter colocado seu nome à disposição do partido, Vinícius garantiu que o PCdoB, no momento, tem como foco apenas sua candidatura. “O jogo é mutável, mas não tratamos até hoje de uma segunda opção”, frisou o comunicador, acrescentando que a legenda já 35 pré-candidatos a vereador para a chapa proporcional.

Propostas

Sobre suas propostas, Vinicius enalteceu o desenvolvimento de Petrolina ao afirmar que a cidade “cortou o cordão umbilical” com grandes centros urbanos, a exemplo do ensino superior. Também lembrou o crescimento imobiliário da ‘Capital do São Francisco’, com a expansão de condomínios. No entanto, o pré-candidato justificou que os gargalos também são muitos. Só para citar dois deles, Vinícius criticou a saúde pública com a Rede PEBA (Pernambuco-Bahia), que para ele já saturou o formato. O pré-candidato também lamentou a questão do abastecimento nos perímetros irrigados, considerados essenciais à economia da cidade, porém há mais de 30 anos a população das agrovilas sofre sem água tratada. Ele também se disse preparado para buscar os investimentos para Petrolina, pela força de sua representação política, independente de cores partidárias. “Não estamos falando de uma cidadezinha qualquer”, completou.

9 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de ser um nome antigo ligado a antigos prefeitos se ganhar será alguém que vai pegar o lugar de um desses vereadores, prefiro que outras pessoas que nunca tiveram liigaçao com políticos ganhem as vagas da cÂmara, mas se ele ganhar espero que seja um bom edil. Petrolina precisa renovar a casa legislativa e tirar os antigos vereadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome