Na segunda visita à Bahia, Bolsonaro entrega usina solar flutuante de R$ 56 milhões

5
Crédito da foto: Ivaldo Reges/divulgação

Foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (5), a primeira etapa da usina solar flutuante instalada no Reservatório de Sobradinho, na Bahia. Participaram da inauguração o presidente Jair Bolsonaro, o ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Silva, e o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior.

De acordo com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), a plataforma solar flutuante tem uma potência de geração de 1MWp (Mega Watt pico), e até 2020 deverá ter, ao todo, 2,5 MWP.

O valor do investimento nas duas plantas solares da plataforma totaliza R$ 56 milhões. Este é o maior projeto de pesquisa e desenvolvimento desse tipo de energia flutuante no país, em reservatório de hidrelétrica.

Com 3.792 módulos de placas solares e área total de 11 mil m², o projeto instalado no Reservatório de Sobradinho (BA) é fixado ao fundo do lago por cabos, com material próprio para suportar o peso das placas e dos trabalhadores que atuam na construção e manutenção.

Estudo

De acordo com a Chesf, esse é primeiro estudo sobre a instalação de usina solar flutuante em lagos de hidrelétricas, que aproveita a água dos reservatórios e evita desapropriação de terras. Além disso, esse tipo de usina permite aproveitar as mesmas subestações e linhas de transmissão que escoam a energia produzida pela hidroelétrica.

Em discurso, durante a cerimônia de inauguração, o presidente Jair Bolsonaro, falou da importância da geração de energia para o crescimento econômico do país. “Quando montamos o ministério, até o Paulo Guedes falou em crescer 3% daqui a dois ou três anos. É consenso. Ele sabia, o governo sabia, que nós temos energia para tal. Sem energia não temos como crescer. Então, essa nova forma de buscar energia com placas fotovoltaicas em cima de um lago, como esse aqui, é bem-vinda ao Brasil”, afirmou. (Fonte/G1-BA)

5 COMENTÁRIOS

  1. \trata-se de uma forma de geração de energia cara e de pouca utilidade. Nosso povo precisa de energia barata e limpa, e só a nuclear é capaz de oferecer isso. O Brasil deveria estar investindo em mais reatores nucleares, pelo menos uns 36 novos, 3 em Pernambuco, além da fusão nuclear, e não ficar gastando o dinheiro do povo nesta porcaria.

    • É mais fácil cair um meteorito na tua cabeça. O problema dessas fontes que você citou é que elas trazem prejuízos ambientais, além de não ter produtividade que justifique os custos.

    • Se o mundo estivesse doido para acabar com a energia nuclear como você diz, muitos não estariam construindo navios e submarinos nucleares, nem pesquisando a fusão nuclear.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome