MP abre inquérito para investigar se Prefeitura de Petrolina obrigou estagiários a fazer campanha política em 2014

por Carlos Britto // 05 de julho de 2015 às 12:02

blogs2Sem alarde, o Ministério Público do Estado (MPPE) abriu, no último dia 8 de junho, um inquérito para investigar se a Agência Municipal do Meio Ambiente de Petrolina (AMMA), órgão da prefeitura, supostamente obrigou os estagiários a fazerem campanha política, nas eleições de 2014.

O atual prefeito de Petrolina é o médico Julio Lossio (PMDB), eleito em 2008 e reeleito em 2012.

A denúncia foi enviada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), através da Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região.

O presente inquérito tem como objeto averiguar o teor do ofício 137/2014-CINQ, da Central de Inquéritos de Petrolina, encaminhando inquérito civil 000259.2014.06.001/8-051, do Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região, informando que os estagiários da Agência Municipal do Meio Ambiente de Petrolina foram obrigados a participar da campanha política nas eleições de 2014 fora do horário do estágio”, diz despacho do inquérito.

O promotor Lauriney Reis Lopes, que atua em Petrolina, começou a ouvir testemunhas no dia 18 de junho. (com informações do Blog de Jamildo)

MP abre inquérito para investigar se Prefeitura de Petrolina obrigou estagiários a fazer campanha política em 2014

  1. Olhão ligado disse:

    Kkkkkkkkkkkkk e isso precisa ser investigado??? Lógico que sim! Quem é besta de perder a mamatinha de quatro anos na prefeitura? Ou faz campanha ou o prefeito e os seus ilustres secretários bota pra correr!

  2. A VERDADE disse:

    ERA OBRIGADO SIM, SE NÃO FOSSE NÃO PRECISAVA LEVAR CADERNO PARA COLOCAR O NOME DE QUEM ESTAVA NAS INAUGURAÇÕES DAS AMES, NOVA SEMENTE. PROCURE CADE ESSE CADERNO.

  3. Célio disse:

    Somente um promotor do quilate de Dr Lauriney tem esta coragem, pq ganha dinheiro público para reverter em favor de quem lhes paga…Os outros me perdôem, são medrosos… e pois quem não tem coragem tem medo. Parabéns Dr Lauriney Lopes…seus filhos se orgulharão por sua independencia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *