Mototaxistas de Juazeiro após nova reunião com Paulo Bomfim: “Daremos mais um voto de confiança”

0
Reunião entre o prefeito Paulo Bomfim e comissão e mototaxistas. (Foto: Divulgação)

A comissão de mototaxistas de Juazeiro (BA) saiu confiante da reunião que teve com o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB), na última sexta-feira (25). “A reunião foi produtiva. O prefeito Paulo Bomfim mostrou-se muito disposto a nos ajudar, apresentou propostas e pediu prazo para implantá-las. Por isso, daremos mais esse voto de confiança. Já temos outras reuniões agendadas, vamos continuar reivindicando nossos direitos através do diálogo e de forma ordeira”, declarou Cleiton Oliveira, presidente da Associação dos Mototaxistas.

O gestor municipal destacou que já existe uma ação planejada com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o próximo mês. “Vamos unir forças para combater o transporte irregular em Juazeiro. Estamos comprometidos para atender todas as demandas apresentadas”, afirmou o prefeito, que estava acompanhado do diretor-presidente da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) Damião Medrado, além e outros integrantes do governo.

Uma das propostas apresentadas foi a realização de processo licitatório para tornar-se permissionário do serviço de mototáxi na cidade. “Esse procedimento vai garantir mais segurança tanto para os usuários do serviço, quanto para o próprio mototaxista. Também dará chances para quem exerce o serviço de forma irregular poder se regularizar”, afirmou Damião Medrado.

Novas viaturas

O diretor-presidente da CSTT ressaltou também que duas novas viaturas serão adquiridas para intensificar a fiscalização. “Estamos empenhados em combater o transporte clandestino. Vamos propor um acordo de cooperação com a Polícia Militar para atuar junto com nosso efetivo nas fiscalizações”, garantiu Damião.

Vale lembrar que esse avanço nas propostas apresentadas pelos mototaxistas junto ao administração municipal acontece depois de mais uma manifestação realizada na última quarta-feira (23), quando pediram a saída de Damião do cargo. Segundo a CSTT, existem 700 mototaxistas cadastrados na cidade, os quais podem ser identificados da seguinte forma:

– A motocicleta e o capacete precisam ser na cor amarela;

– A placa da motocicleta tem que ser na cor vermelha;

– Camisa de manga comprida e na cor amarela;

– O uso do colete é obrigatório;

– Número do alvará, logomarca da CSTT e brasão do município expostos na camisa e na motocicleta (o usuário pode exigir que o mototaxista apresente o alvará de licenciamento emitido pela CSTT, que é de porte obrigatório).

Dúvidas ou denúncias podem ser feitas através do telefone (74) 3611-8836.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome