Moradores denunciam perturbação de sossego no bairro Antonio Cassimiro

por Carlos Britto // 18 de setembro de 2022 às 14:15

Foto: Reprodução

Comunitários da Rua Mar da Arábia, no Bairro Antonio Cassimiro, Zona Norte de Petrolina, estão perdendo a paz por conta do barulho causado por uma casa de festas nas imediações. Segundo eles, além do som alto durante a noite toda, também há o uso de substâncias ilícitas e ocupação irregular da via para estacionamento.

“Já solicitamos viaturas e a intervenção da polícia e da gestão municipal, mas nunca há efetivo suficiente para nos atender ou uma ação eficaz para acabar com essa farra. Enquanto isso, ninguém consegue dormir em paz ou ter um dia tranquilo. Estamos pedindo socorro”, declarou um morador.

A orientação da polícia é que a população ligue para o serviço 190 e denuncie a situação. A gestão municipal lembra que colocar em risco a saúde pública é crime. A população pode acionar equipes de segurança pela Central de Atendimentos da Secretaria Executiva de Segurança Pública, no telefone 153, ou pelo WhatsApp (87) 9 8106-7310.

Moradores denunciam perturbação de sossego no bairro Antonio Cassimiro

  1. Petrus disse:

    Esses telefones e nada são a mesma coisa. Você para a guarda e eles mandam ligar para a polícia. Neste caso, deve-se exonerar o incompetente secretário Emicio, que não fiscaliza o trabalho de seus agentes preguiçosos, alem de não combater as invasões de área pública. Faz uso político da função. Continuando, você liga para polícia e ela manda ligar para guarda. Depois de meia noite 190 nao atende. Quando atende, tem uns incompetentes que perguntam se você vai aguardar no local para ir junto à delegacia. Não sabe o que é ou finge que não sabe o que é flagrante delito. Solução, exonerar o comandante do batalhão que não fiscaliza os subordinados. Querem coibir importunacāo e crimes ambientais, venham todos os dias na Avenida Caminho do Sol. Virou brega. O problema é que a maioria das autoridades gostam de farra. Iriam eles combater o que gostam. Uma vergonha!

  2. Paulão do Taxi disse:

    Infelizmente estamos jogados as traças, as forças de segurança que deveria nos dar essa proteção e combater os problemas que são de competência deles. A guarda municipal só presta pra ficar desfilando de jeep Renegade com ar condicionado topado, a PM nunca tem viatura ou tá sem combustível, então tinha que fechar as portas, já que não consegue prestar um serviço que são pagos para fazer. O comandante da polícia deveria acordar e abrir os olhos, já que ninguém faz nada e a farra continua, vai chegar no ponto dos próprios moradores tomarem as providências , olho por olho, dente por dente. Quando ocorrer uma carnificina, aí aparece a PM, a guarda e a porr.a toda pra punir os moradores.

  3. Bragadá disse:

    Ligar pro 190 é o mesmo que ligar pro advogado do Diabo. Quando eles atendem, falam que não tem viatura disponível no momento ou então manda ligar pro órgão da prefeitura ou pros modelos da guarda municipal.
    Enquanto isso, a população de bem continua sofrendo.
    VAMOS ACORDAR POLICIA, HOJE SOU EU, AMANHA PODE SER UM FAMILIAR SEU, SEU PAI, SUA MÃE, aí quero ver a atendente do 190 falar, não temos viatura disponível.

  4. Bragadá disse:

    Meu comentário não está sendo publicado.

  5. Maria Eduarda disse:

    Aqui no Cassimiro não temos sossego,quando o 190 atende,falam que estão sem viatura,mas que quando houver alguma disponível eles irão enviar,fiz uma denuncia há uma semana atrás e passaram 4 viaturas na minha rua,mas nenhuma parou no local onde falei,estamos jogados às traças,sem contar os assaltos,que volta e meia acontecem aqui,invasões de casas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.