Morador quer solução para cães soltos no bairro Vila Eulália

6

Um morador do bairro Vila Eulália, zona norte de Petrolina, entrou em contato com este Blog para relatar uma situação que vem tirando seu sono: dezenas de cães soltos na Avenida Corina Amando.

Por meio do WhatsApp, ele disse que mais de 50 animais ficam numa área conhecida como antigo “Buracão”. O morador conta que o problema maior é durante a noite, pois os animais ficam latindo e atacando outros cachorros. Sobre o assunto, entramos em contato com a assessoria da prefeitura e aguardamos resposta.

6 COMENTÁRIOS

  1. Uma ação educativa de preservação ambiental no Distrito Industrial, convida voluntários em participar de ações de preservação do meio ambiente onde interessados podem se inscrever por meio do formulário online. https://goo.gl/forms/35Cb5QfKTQErZ0SK2
    A iniciativa acontece onde os “guardiões” recolheram grande quantidade de resíduos sólidos(LIXO de pessoas), de todos os tipos.
    As ações se iniciam no dia 09/03, no distrito industrial, em Petrolina, sempre começando às 8h.
    A campanha é uma iniciativa necessária onde destaca-se a importância de um trabalho concentrado nesse especificamente neste local.
    Essa atividade visa a defesa da fauna e da flora nativos da região. Entendemos que as pessoas precisam cuidar, para que amanhã nossos filhos e netos possam continuar aproveitando os recursos naturais. E nós, do G-PAADI precisamos de muitos parceiros para construir, coletivamente, essa consciência cidadã e harmônica com o meio ambiente. Precisamos dar ao ecossistema um retorno daquilo que usufruímos diariamente. Seja o ar, a água ou o espaço. Tudo que fazemos em nosso benefício é oriundo da utilização ambiental. Temos que agradecer e dar um benefício em troca a Natureza, não só a explorar.

    Para participar dos mutirões de limpeza e conscientização dos frequentadores do local, os voluntários interessados devem se cadastrar preenchendo este formulário, a partir do qual serão formadas as redes de guardiões do DIPE, que é foco da primeira etapa do projeto.

    09/03 – treinamento dos voluntários
    16/03 – reconhecimento local
    23/03 – Limpeza – parte 1
    30/03 – Limpeza – parte 2

    Informações:
    instagram, face ou email: gpaadi.gpo@gmail.com

    Faça seu cadastro aqui
    https://goo.gl/forms/35Cb5QfKTQErZ0SK2

  2. É verdade carlos. A quantidade de cães é enorme e na madrugada ninguém tem sossego com os latidos. Sem falar que existe uma grande chance de transmissão de doenças, pois oS cães permanecem tbm pelas ruas da vila eulalia. Pedimos a prefeitura que tome uma providência concreta.

  3. O problema dessa cachorrada é que além de ter propagar doenças como leshamiose e raiva ainda há o risco de atacar pessoas e crianças, acredito que só vão tomar providências quando acontecer uma tragédia de proporção nacional, como tudo que ocorre no nosso país.

  4. Quanto egoismo por parte dessas pessoas, são bichos inocentes e não tem culpa de terem sido abandonados pelos seres desumanos.ao invés de ficarem reclamando adote um e aí vcs vão saber o que amor de verdade. senhor “critico” muito exagerado para o meu gosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome