Médicos na porta e pacientes na fila do hospital. A crise continua

  1. TERREMOTO disse:

    Carlos Britto, a maioria da população desconhece o sofrimento que é tornar-se médicos.Convivo diariamente, a mais de 20 anos, com jovens que buscam a entrada no curso de medicina: a situação muitas vezes chega à raia da loucura, mesmo antes de entrarem na faculdade.Em algumas faculdades É MAIS FÁCIL VC IR PARAR NA NASA do que entrar nelas(vide concorrências para NASA e USP ou UNIFESP). Qualquer comentarista desse blog que tiver algum conhecido que enfrenta a maratona de estudos entre 12 e 16 horas vai entender o pq deles exigirem uma remuneração compatível.É muito sofrimento, pressão e angústia , justamente no melhores anos da vida -dos quais terão de abdicá-los e nunca mais tê-los de volta.

  2. ANZOL disse:

    EU NÃO ESTOU ENTENDENDO É MAIS NADA….

  3. TERREMOTO disse:

    Gosto muito de uma história citada por SCIPIONNE , quando professor de um cursinho muito famoso em São Paulo:
    Um cursinho passou mais de 60% dos alunos em medicina na USP e outro cursinho rival , que havia perdido a hegemonia nas aprovações, matriculou alunos-espiões para entender o que o rival oferecia de diferencial. Passados alguns meses não encontraram nada de diferente e passaram a entrevistar ex-alunos de lá. Um deles saiu com uma explicação irreverente ao extremo, mas que demonstra o quanto o estudo é levado a sério pelo pessoal que tenta vestibular em medicina.
    – O seus alunos espiões iam ao banheiro, quando lá estavam?

    – Claro !

    – Taí o diferencial: ENQUANTO O SENHOR PERDE TEMPO MIJANDO TEM UM ALUNO DE MEDICINA ESTUDANDO !

  4. cicero disse:

    Tudo bem é um direito de todos lutar por seus direitos,mas equanto eles estão lutando por estes direitos,a classe mais desfaforecida,que é os pobres, que dependem dos serviços desses proficionais que estão em conflito com os poderes , é os que pagam o preço, ficando sem atendimento,sera que a vida do ser humano hoje esta baseado somente em salario,ajo que vidas, é mais importantes que que qualquer salario.

  5. benne. disse:

    NA UNIVASF NUM JÁ TEM ESTAGIÁRIO PRONTO P ASSUMIR ISSO NÃO? MANDA ESSES CARAS EMBORA…..O DURO DISSO, É Q TEM GENTE Q VIVIA NA MISÉRIA. HOJE COM UM JALECO BRANCO BOTA MORAL. MAS HUMILDADE PESSOAL…NÃO TEM COISA PIOR DO Q NEGOCIAR COM QUEM TÁ COM A BARRIGA CHEIA. FACILITA AS COISAS. SEJAM FLEXÍVEIS, SEI Q JÚLIO É FRACO MAS NUM PRECISA DISSO.

  6. Geraldo disse:

    Isso aí minha gente…é assim que se faz. Não podemos renegar nosso passado de luta. Tenha certeza população de Petrolina, apesar de quererm que vcs enxerguem outra realidade, esse é o caminho para dias melhores. Os médicos precisam sererm reconhecidos e não há como o prefeito Julio Lóssio e seus acessores sangue sugas fugirem da responsabilidade deles…só depende deles para tudo se arrumar.

  7. Sou mais Fundação Saúde disse:

    Júlio Lóssio… tome uma atitude de estadista… demita essa turma toda. Senão, eles vão lhe demitir. A opinião pública espera uma reação a altura da cidade de Petrolina.

  8. justiceiro disse:

    Tenho a impressão que as pessoas acham que médico é alguma máquina ou bicho pois no imaginário dessas pessoas médico não tem direito a NADA. Quem daqueles que aqui vieram critica-los não recebe décimo terceiro e férias, ora isso é um direito básico outorgado pelo então presidente getúlio vargas há mais de setenta anos. Vamos deixar de hipocrizia a maioria deles trabalha mais que 16 horas por dia sem direito a adoecer para manter um padrão mínimo de renda que justifique 10 anos ou mais de estudos forçados sem direito a usufruir da melhor fase da vida A JUVENTUDE. As famílias dessas pessoas sabem muito bem o quão ausentes eles são para proporcionar uma vida decente aos seus entes. É uma pena que um prefeito médico não tenha sensibilidade para lidar e resolver esse problema.

  9. DERRUBA TERREMOTO disse:

    Ao Meliante de Jaleco Branco identificado como “TERREMOTO”:

    Fiquei impressionado com o egocentrismo e prepotência dos dois comentários pifios que fez nessa reportagem. Quando escolheram o ofício de MÉDICO sabiam muito bem dos obstáculos e também do retorno que teriam. Mas daí achar que vocês merecem receber o maior valor de plantão do Brasil de R$ 700,00 por um plantão de 12 horas numa cidade que nem é capital… vocês estão querendo demais! Isso é CARTEL, FORMAÇÃO DE QUADRILHA e DELAPIDAÇÃO DE DINHEIRO PÚBLICO, visto que a remuneração de vocês vem dos cofres públicos que são alimentados pelos impostos e taxas pagas pela indefesa sociedade desta cidade. Vejo que os médicos só sabem o conteúdo do juramento na formatura, depois disso é só mamar nas tetas do governo estadual e municipal. Vocês são uma corja de jaleco branco… usurpadores do dinheiro público.. arruaceiros!!! Fico triste em saber que o povo de Petrolina está a merce de médicos sem escrupulos como vocês!!! Por mim a Câmara Municipal faria uma Lei permitindo médicos atuarem em Petrolina com registro no conselho de classe de outros estados só pra não serem contaminados pelo vírus da USURA que está assolando os filiados ao CREMEPE… EU TENHO PROFUNDO REPUDIO A MANIPULAÇÃO DOS FATOS FEITA POR VOCÊS MÉDICOS DE PETROLINA, na intenção única de obter lucro colocando a população contra os hospitais Dom Malan e Traumas e contra o prefeito que não corrobora do espirito de oba-oba com a verba pública.

  10. EPICENTRO DO TERREMOTO disse:

    DERRUBA TERREMOTO, VOCÊ DEVE SER UMA PESSOA FRUSTRADA E INVEJOSA, PROCURE SEU LUGAR. NUM PAÍS ONDE JOGADOR DE FUTEBOL GANHA MILHÕES, CANTADOR DE PAGODE E SERTANEJO GANHA MILHÕES, PORQUE UM MÉDICO QUE PASSA METADE DE SUA VIDA ESTUDANDO E DANDO PLANTÕES NÃO TEM O DIREITO DE USUFRUIR DE UM BOM SALÁRIO? NINGUÉM TÁ PEDINDO DINHEIRO SEM TRABALHAR, MÉDICO TEM UMA SOBRECARGA DE TRABALHO ENORME, SEM FALAR QUE NÃO TEM DIREITO A DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO E FÉRIAS COMO OS JUÍZES E PROCURADORES.

  11. Joao disse:

    Será que somos todos cegos??
    O IMIP não estaria forçando uma revisão nos valores contratuais com a prefeitura?
    Os médicos cumpriram aviso prévio até fim de junho, e o IMIP não selecionou ou recrutou novos médicos pq?
    Quando dizem que é façil trazer médicos pagando o que se paga em Petrolina, as pessoas deveriam saber que esse salários estão defasados em relação aos que os mesmos recebem nas grandes capitais.
    Será que se paga tão bem assim em Petrolina? Um médico, em uma grande capital ganha tanto ou mais que aqui. Essa é a realidade.
    E sinceramente, vocês acham que eles irão preferir sair das capitais para virem para o interior.
    Enganados também estão, aqueles que acham que os formandos da UNIVASF, ficarão por aqui. E enumero alguns motivos :
    1. A maioria dos alunos são de outros estados, ou municípios, e deverão retornar ao seu estado/cidade de origem,
    2. NÃO existem vagas de residência médica em Petrolina ( apenas para Medicina de Família e Comunidade, se não me engano – 3 vagas), após o curso de medicina, os médicos, em sua grande maioria, ingressam na residência médica, que tem duração de cerca de 2 a 3 anos ou mais, dependendo da especialidade.
    Outra questão : a qualidade dos alunos formados em medicina. A UNIVASF é uma universidade nova. Pois qual é o grau da qualidade dos docentes???? Quantos tem Mestrado??? Quantos tem Doutorado??? A grande maioria dos professores tem especialidade,e não mestrado/doutorado. Mais. Onde esses alunos fizeram internato???Onde estagiaram. Isso . Nos hospitais que tanto criticam. Com profissionais massacrados pelos comentários deste blog.
    O buraco é mais embaixo.
    Que tal tirarmos o tapa olhos?
    Vamos propor soluções.
    Chega de discutir quanto ganha o médico. É muito?
    Quanto ganha um Juiz , Promotor, Fiscal da Receita???
    Soluções, que tal discutirmos isto.
    Médico não vem apenas pelo salário. Salário, hj nas grandes cidades bate pau a pau com os daqui. Isso é fato.
    Vamos falar de estrutura, incentivos, fixar o médico na região.
    ah, conta rápida:
    700 reais por um plantao de 12 horas, se trabalhar de segunda a sexta – 14.000 reais. tirando 27,5% de IR = 10.150,00
    para trabalhar de segunda a sexta, 12 hs por dia, em uma emergência, isto é, sobre estresse, 12 hs dia, totalizando 60 hs semanais. Sem direito a feriados, pois plantonista não folga no feriado. Entao teremos 240 horas mensais por 10.150 reais. Será que é realmente um salário excepcional???? Fora da realidade???
    Um médico de PSF, trabalha 40h/semanais, totalizando 160 hs/mensais. Com direito a folga nos feriados, e horário de almoço pré definido. Sem emergência, com menos estresse. Qto ganha o médico do PSF????
    Será um absurdo ganhar 700 reais por plantao de 12 hs numa emergência???
    Qto ganha um Juiz, Promotor, Fiscal da Receita??? Qual a carga horária???? Qtos anos estudaram para chegar a este cargo entre ensino fundamental, médio, universitário, pós graduação ????
    Antes de criticarem, façam as contas.
    Ou achem bom serem atendidos por médicos mal remunerados, que precisem trabalhar horas e horas em vários empregos pra ter uma renda satisfatória.
    Vcs acham q o médico que faz o pré natal da sua esposa, o que consulta seu pai com hipertensão e diabetes, o q vc deixa sua vida em suas mãos, ganhar 7 reais a consulta???? Vamos aos planos de saúde, então – HGU consulta 24 reais, fora impostos, custos de consultório. Unimed 30 reais. Isso que HGU deve há 09 meses para os médicos. SUS e Unimed, pagam 03 meses após a consulta. Planos só pagam 01 consulta por mês, então se vc voltar pra revisão, mostrar exames, o médico ganhará 01 consulta, qdo na verdade realizou 02 ou 03.
    Chega de hipocrisia.
    Ah, mas se juntar tudo um médico ganha 15 mil.
    Pra isso pergunte a ele, quantas noites ele não dorme em casa, quantos finais de semana ele passa trabalhando e se ele está satisfeito com a quantidade de horas que ele passa com sua família e quantas horas ele tem de lazer.
    Vamos raciocinar juntos.
    Ah, tem mais. Algum de vcs trabalham de graça, por amor???
    O amor a sua profissão, paga suas contas, o colégio do seus filhos, seu plano de saúde, aluguel, carro, gasolina e alimentação???

  12. Maria disse:

    Médico não é nenhum Deus!
    Qualquer um estudante que almeja seguir qualquer profissão com vocação, dignidade sacrifica o seu tempo, a sua juventude na dedicação ao seu ideal, seja médico, engenheiro, advogado, professor. O Professor, este eu o considero a mais especial de todas as profissões, pois sem eles os chamados deuses médicos não existem. E o professor ganha mal e o seu tempo é integral, pois trabalham nas escolas e quando chegam em casa, ainda continuam trabalhando para no dia seguinte dar a aula aos seus alunos e com certeza eles não recebem por isso. E os médicos? trabalham fora dos seus horários? Claro que não! Pois até mesmo nos seus horários de trabalho, eles não cumprem, estão viajando, curtindo a vida e ganhando por estar passeando. Procure um médico, hoje e durante o fim de semana para ver se eles lhe atendem! Então não me venham os médicos dizer que perderam tempo precioso estudando, se perderam, já foi na intenção de que quando formados recuperarem todo o investimento, pois vêem a medicina como um negócio vantajoso de fácil retorno e enrequecimento rápido, isso as outras profissões não oferecem. Me mostrem hoje, um médico pobre? Mas eu lhes aponto advogados, professores, engenheiros, administradores (eu sou formada em Administração de Empresas), Contadores, pobres, lutando para suprir as suas necessidades.
    Srs. Médicos, vocês não são melhores e nem piores do que ninguém, vocês não são especiais. Especiais são os professores, pois sem eles, nenhum de nós teríamos uma profissão.

  13. TERREMOTO disse:

    Carlos Britto, desde do inicio que tenho participado do seu blog. NUNCA usei palavras de baixo calão , muito menos PALAVRAS AGRESSIVAS com quem quer que seja.
    Uma das regras do seu blog é não publicar palavras de ofensa e post que baixem o nível de argumentação.
    A QUEM INTERRESAR POSSA NÃO SOU MELIANTE E JÁ USEI JALECO BRANCO EM TEMPOS IDOS QUANDO USAVA-SE QUADRO A GIZ . FUI UM PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO E ESSA FOI A FORMA COM A QUAL CONTRIBUI PARA O PROGRESSO DESSA CIDADE. TENHO INÚMEROS ALUNOS , NÃO APENAS MÉDICOS, COMO TAMBÉM ENGENHEIROS, AGRÔNOMOS E UM CABEDAL DE PROFISSÕES QUE PODERIA DESFILAR, E QUE ME LEMBRE NUNCA VI O NOME DE NENHUM DELES NAS PÁGINAS POLICIAIS, LOGO PASSA POR MUITO LONGE SER UM MELIANTE OU FORMADOR DE MELIANTES.
    Despeço-me dos comentários desse blog, como tantos outros que desistiram , por não desejar fazer parte de convivio virtual com pessoas que na ânsia de tomar partido , despejam sua falta de educação e risiveis argumentos nos outros.
    um abraço a todos e fiquem com DEUS !

  14. Prepotentes de Branco disse:

    Quem quiser conhecer a prepotência e arrogância dos médicos de Petrolina, basta ir no Espaço e Verde e assistir a um “baba” deles. Fui convidado; joguei um vez para nunca mais. O respeito ao próximo passa longe. Quem duvidar de mim, que vá a noite assistir, a noite, a um desses encontros. Não quero que meu filho seja um médico.

  15. Rodolfo disse:

    Veja o que vc conseguiu Dr. Julio…veja o que o povo pensa de gente como vc…médico tb. Por muito pouco expos todos seus colegas a esse desrespeito. Tinha uma ótima impressao sua como médico, mas convenhamos resolveu rasgar o juramento de hipocrates após ter sido eleito. Como pode ter conhecimento de todo esse absurdo que estao dizendo de nossa classe e só pensar em sí? Lembre-se cuidar bem tb é cuidar de quem cuida.
    Quanto a todos esses que falam besteira por aqui, quero dizer o seguinte: suas vidas nao tem preco, pq entao regatear diante da melhoria da remuneracao de alguem que nos ajuda a manter nosso bem mais precioso?
    Se vcs acham que deve-se iniciar nesse país uma era de distribuicao de renda…vamos comecar isso por Brasilia e com todos donos de castelo que temos, eles sim abusam do dinheiro público.
    Sejam cidadaos cientes da carga tributaria que o Brasil arrecada e nunca tem destino certo para os setores obrigatórios – saúde, transporte, educacao e seguranca. Pagar bem um medico é apenas mais uma das obrigacoes que o governo nao cumpre…na verdade acho que nem é pagar e sm deixar que ele resgate os impostos a eles cobrados. Em cima desses 700,00 ainda será descontado 27,5% só de imposto de renda.
    Vamos todos nos unir por tantos outros profissionais que financiaram toda brincadeira desses políticos corruptos que nos cercam. Nao devemos ser contra um grupo que teve coragem de enfrentar a injustica em paira em nosso país.

  16. epaminondas disse:

    por mim os medicos que ajudaram a eleger julio ,demitem elle ate o fim deste movimento.
    muita gente diz que julio nao aguenta pressao…por isso colocou dr mendes aa frente das negociaçoes.
    e preciso fazer julio dar as caras!
    julio esta se escondendo da populaçao e dos medicos como o “diabo fugindo da cruz”!
    NEGOCIAÇAO SO COM JULIO NA MESA!
    AGORA E CARA A CARA ,PRA DEPOIS NAO DIZER QUE NAO SABIA…NAO AUTORIZOU…ETC E TAL

  17. Ironico disse:

    Essa é boa… toda comparação de salario que esses medicos fazem já falam logo em juizes, promotores, artistas, Deputados etc…è muita pretenção mesmo, logo aqui que para se encontrar um medico que saiba alguma coisa …. digo competente mesmo….é uma luta. Em Petrolina e pior ainda em Juazeiro, se for coisa pequena trivial é feito alguns paliativos e mandado para casa. Mais se a coisa complica não tem um sequer que saiba tratar corretamente.É uma vergonha a qualidade profissional dos médicos daqui…motivo de piada para os outros da capital. Levei uns exames que fiz aqui para Recife e os medicos ficaram rindo com o diagnostico feito. E ainda dizer que ganha pouco…..isso é demais……

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *