Médicos da rede pública fazem manifestação em Petrolina

por Carlos Britto // 05 de junho de 2009 às 09:53

Os médicos da rede pública estão neste momento em frente ao Hospital Imip-Dom Malan. Eles ameaçam cruzar os braços a partir do dia 15, caso não cheguem a um acordo com a Prefeitura de Petrolina.

A manifestação é organizada pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), que vem numa queda-de-braço  há meses com o prefeito Júlio Lóssio. Entre as reivindicações está a realização de concurso público e melhorias salariais.    

Médicos da rede pública fazem manifestação em Petrolina

  1. hedio disse:

    tudo indica que julio segue o que prometeu…
    vai resolver a questao dasaude em petrolina,
    acabando com a saude
    demitindo os medicos,
    deixando faltar estrutura,
    fechando os hospitais ,
    fechando as upas,
    esta repetindo “a brilhante” administraçao de dr guilherme!!!?
    dr augusto coelho,pelo amor de deus,diga alguma coisa ,nois votamos em julio porque o senhor pediu por elle!

  2. Geraldo Bispo disse:

    É um absurdo o que acontece em Petrolina. Nos resta rezar para não precisar da rede pública de saúde. Médicos e enfermeiros fazem juramentos tão bonitos em suas formaturas de servir a saúde e depois de formados só pensam em dinheiro. Entendo que eles realmente merecem uma remuneração boa, mas reinvindicar pagamento por plantão de R$ 700,00, maior que o salário mínimo pra mim é demais. Pior é que não sabemos de quem é a culpa… dos médicos, governantes, dos sindicatos, ministério público, do SUS ou se a culpa é nossa, pois como cidadãos reclamamos mais do que fazemos em prol de melhorias.

  3. Roberto Guedes disse:

    É preciso ter bom senso nesse tipo de situação, visto que a população não pode ficar sem atendimento. Por que não se verifica quanto é o plantão dos médicos de Recife e se paga o mesmo valor aqui? Ou se faz um levantamento do valor de plantão dos médicos das principais capitais do Nordeste e se faz uma média para definir o valor daqui. Concurso público poderia ser realizado por uma das faculdades da cidade, visto que as mesmas sabem a rotina pois faziam vestibular. É algo muito dificil pensar nisso?
    So a favor dos médicos ganharem bem pois a resposabilidade deles é grande, porém tem de ter coerência. Eles se baseiam em que para pedir plantão de R$ 700,00? Quem paga essa luxuria são nossos impostos…

  4. M. Sérgio disse:

    Acoooooooooooooooooorda Petrolina!

    É a cara da atual administração.
    SEM COMENTÀRIOS.

  5. Sou mais Fundação Saúde disse:

    Roberto Guedes,

    Um plantão aqui em Petrolina é muito maior do que o que é pago no Recife, ou outra capital do Nordeste. É até compreensível, pois em uma capital, o médico pode ganhar muito mais na rede privada. Agora, não justifica é essa pressão. O prefeito Júlio Lóssio está sendo omisso. Tem que fazer como Odacy, que bateu de frente, e os médicos tiveram que entrar num acordo justo. Eles querem demais. Está na hora de mandar essa gente toda para o olho da rua. Se o prefeito pegar um ônibus vazio e passar por Teresina, Salvador ou Recife… enche o ônibus de médicos que querem trabalhar até por menos… e ainda faz uma lista de reserva enorme. Demite essa turma de branco já.

  6. Rodrigo Brejões disse:

    Sou de Recife e estou morando em Petrolina a 03 anos. O que vejo aqui é que toda instituição pública, de secretarias da prefeitura aos hospitais, servem de cabide de emprego. Assim a cada quatro anos trocam-se as pessoas conforme a conveniência do atual governo municipal, então os cargos são ocupados não por mérito técnico, mas sim por jogatinas políticas. O Ministério Público nas três esferas (municipal, estadual e federal) fazem vista grossa a tudo e quando querem agir fazem “me…”, como no caso dos médicos! Ao meu entender quem tem de definir o quanto pode pagar é a Prefeitura, respeitando é claro o piso e teto salarial das classes médicas e de enfermeiros. O sindicatos dos médicos e dos enfermeiros é mais preocupado em sensacionalismo do que propriamente em negociar um valor viável entre as partes envolvidas… só quer o “Venha a nós”! O IMIP por sua vez jogou merda no ventilador e procou tumulto entre os médicos e governantes. O Hospital de Traumas não demitiu ninguém apenas ao final do contrato avisou que não queria renovar. Porém deveria ter feito concurso para suprir as vagas, porque devem estar sendo contratados pessoas ligadas a vereadores, secretários e prefeito. Os médicos querem manter seu CARTEL, igual aos donos de Postos de Combustível daqui e não querem de médicos de fora venha atuar aqui. O CREMEPE e COREN querem morder sua fatia do bolo. Que saudades da ditadura militar onde baderna se resolvia com porrada!!! Quem mais sofre é a população mais pobre que não pode pagar plano de saúde!!! Desejo a essa cidade que aprendi a amar muita SORTE e LUZ!!!

  7. olhos atentos disse:

    Vejo que as opiniões daqui são muito recalcadas…isso sim!
    Tem muita gente querendo ser médico, mas nem sabe como é difícil.
    Querem ser médicos…façam o ENEM sabidões! Aqui só tem sabido…ôôô povo sabido, pense! Outra coisa que deve ser dita…se a saúde passa por tantas dificuldades vamos colaborar, digo isso de todos funcionários da saúde, podemos começar discutindo o salário do secretário de saúde e seus acessores, como também o que vem se pagando a esses médicos super bem qualificados (pra não dizer o contrário) que trouxeram da Bahia. Está chegando a hora da população abrir os olhos e enxergar quem são os bandidos e os mocinhos. De toda forma se nada se resolver podemos contar com Dr. Júilio, ele é médico e poderá salvar muitas vidas: na UTI, no bloco cirúrgico, na clinica médica, na obstetrícia, na pediatria, na cardiologia e tantas outras especialidades. Não precisamos nos preocupar com nada.

  8. benne. disse:

    É UMA PENA Q NÃO TRABALHAMOS MAIS POR AMOR. P SERVIR. E CONSEQUENTIMENTE SER RETRIBUÍDO COM SUA COMPETÊNCIA. AS PESSOAS MAIS IMPORTANTES P SE FORMAR UMA SOCIEDADE DECENTE SÓ PENSA EM DINHEIRO, A QUALQUER CUSTO, NEM Q TENHA Q ESMAGAR OU SACRIFICAR PROJETOS MAIS IMPORTANTES. O Q MAIS SE VER É GREVES. TUDO POR DINHEIRO. NENHUMA POR MELHORES CONDIÇÕES DE ATENDIMENTO P O CONTRIBUINTE Q NECESSITA DE SEUS SERVIÇOS.NENHUMA PELA DESBUROCRATIZAÇÃO DOS ATENDIMENTOS. PROFESSOR,MÉDICOS,POLICIA,FISCAIS,BANCARIOS…ETC. QUEM QUER GANHAR MAIS, TEM Q TRABALHAR MAIS,TRABALHAR MELHOR. AHHH. CLARO TEM OS SINDICATOS POR TRÁS P ARRECADAR MAIS, ALGUÉM Q TÁ LÁ Á FRENTE E QUER APARECER P SER UM POSSÍVEL CANDIDATO A ALGUMA COISA. Q TEM Q APARECER NA MÍDIA, SE TORNAR CONHECIDO…E POR AÍ VAI. CLARO Q HÁ A EXCESSÃO DA EXCESSÃO, ÁS VESES…

  9. olho vivo disse:

    700,00 é a remuneração de qualquer plantão aqui em Petrolina, inclusive os hospitais particulares…pq a prefeitura vai pagar menos?

  10. DERRUBA TERREMOTO disse:

    Ao Meliante de Jaleco Branco identificado como “OLHOS ATENTOS”:

    Fiquei impressionado com o egocentrismo e prepotência dos dois comentários pifios que fez nessa reportagem. Quando escolheram o ofício de MÉDICO sabiam muito bem dos obstáculos e também do retorno que teriam. Mas daí achar que vocês merecem receber o maior valor de plantão do Brasil de R$ 700,00 por um plantão de 12 horas numa cidade que nem é capital… vocês estão querendo demais! Isso é CARTEL, FORMAÇÃO DE QUADRILHA e DELAPIDAÇÃO DE DINHEIRO PÚBLICO, visto que a remuneração de vocês vem dos cofres públicos que são alimentados pelos impostos e taxas pagas pela indefesa sociedade desta cidade. Vejo que os médicos só sabem o conteúdo do juramento na formatura, depois disso é só mamar nas tetas do governo estadual e municipal. Vocês são uma corja de jaleco branco… usurpadores do dinheiro público.. arruaceiros!!! Fico triste em saber que o povo de Petrolina está a merce de médicos sem escrupulos como vocês!!! Por mim a Câmara Municipal faria uma Lei permitindo médicos atuarem em Petrolina com registro no conselho de classe de outros estados só pra não serem contaminados pelo vírus da USURA que está assolando os filiados ao CREMEPE… EU TENHO PROFUNDO REPUDIO A MANIPULAÇÃO DOS FATOS FEITA POR VOCÊS MÉDICOS DE PETROLINA, na intenção única de obter lucro colocando a população contra os hospitais Dom Malan e Traumas e contra o prefeito que não corrobora do espirito de oba-oba com a verba pública.

  11. VÍTOR PAULO ALVES disse:

    Kd o Prefeito da Saúde? KD Dr. Augusto Coelho? KD Odacy?
    Petrolina Perece…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *