Maria Elena solicita de Lóssio criação de diretoria voltada para igualdade racial

por Carlos Britto // 09 de maio de 2009 às 12:36

maria_elena_006_1-1-12 A vereadora Maria Elena Alencar (PSB) está solicitando do prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), a criação de uma diretoria específica de promoção da igualdade racial. Este setor ficaria incluído na estrutura física da Ouvidoria Geral.

Na visão da vereadora, a discriminação contra homens e mulheres negras ainda continua latente em Petrolina (embora isso aconteça não só aqui).

A intenção de Maria Elena é aproveitar o fortalecimento de políticas voltadas aos direitos das mulheres, a exemplo da Lei Maria da Penha, para que o município possibilite também a criação de mecanismos que respaldem a negritude petrolinense.

Maria Elena solicita de Lóssio criação de diretoria voltada para igualdade racial

  1. Na Tampa disse:

    Este povo não tem o que fazer. falta objetividade no trabalho e ficam repisanedo em questões já por demais discutidas e administráveis. Os desentendimentos entre as pessoas têm várias causas e todas els já se encontram forum apropriado para se resolver tudo. Já existe lei para tudo. As pessoas querem aparecer e terminam despertando questionamentos entre as pessoas. Não valorizo estas posições eleitoreiras.

  2. Maria Clarice Ribeiro Matos disse:

    Cara amiga,

    Essa Diretoria não deveria ser vinculada a SMM???????? Essa SMM tá dando banho em todos as outras…

  3. ricardobanana disse:

    A vereadora Maria Helena faz um importante encaminhamento!!! Pela sensibilidade do prefeito Julio Lóssio logo teremos uma ação efetiva neste sentido………. Valeu vereadora! continue assim com o seu caráter elevado e comprometida com a nossa cidade.

  4. Por que ninguém propõe uma diretoria de direitos humanos? Promoveria a igualdade entre etnias, de gênero e também defenderia o direito dos homossexuais, que não possuem nenhum apoio nesta cidade.

  5. Mara disse:

    SMM????????????? que é isso é comida? é um bicho????banho de q? só se for de incompetencia e besteirol, que é só que este governo sabe fazer, discutir, planejar, e nada fazer…..

  6. enojada disse:

    não aguento estes “comentaristas políticos” fala quando não faz e quando faz eé eleitoreiro vcs querem o q mesmo? estavam entalados não podiam falar agora falam de tudo

  7. Ernesto disse:

    A igualdade deixa de existir a partir do momento que se cria um cabide de emprego desses… Minha nossa, não há nada de futuro para se propor ao executivo???!!!?

    Sangue de Cristo tem poder

  8. raposa da seca disse:

    .Gente!!!é um tranpolim de promoções pessoais descabido!!!coitados dos brancos pobres desse país!!!que são muitos!!!é lei para o negro,índio,mulato,pardo,mulher,crianças,idosos,cotas,…gente a lei maior não dis que somos iguais!!!para que isso??!!!isso aqui vai virar um Estados Unidos!!!cheio de racismo para todo lado…

  9. junila Alves disse:

    Acho muito importante essa reivindicação da Vereadora; ela que há tempos atraz encabeçou a luta pela vinda da delegacia da mulher para Petrolina. Apenas acho que ela deve continuar lutando por melhorias de atendimento para aquela delegacia e, inclusive de humanização dos servidores, incluisive da delegada que parece mais um poste. Continui lutando vereadora e cobre mais do seu governador.

  10. Cláudia Amorim disse:

    É claro que o respeito não pertence a nenhuma etnia e que toda pessoa é merecedora, mas convenhamos, ainda vivemos a dura realidade da discriminação racial, do desrespeito. Não falo só de Petrolina, mas de todo o mundo. O que a Vereadora quer é tentar mudar um pouco esse quadro de perseguição e violação de princípios, com base na raça ou etnia, que todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos, pelo menos em nossa cidade, a qual ela representa o povo. Não é uma questão de querer se destacar ou ficar em um trampolim de promoções, é a tentativa de mudar o quadro real da situação.

  11. Jorge Luiz disse:

    Parabenizo a Vereadora por ela continuar lutando por esse pleito que desde a administração passada a mídia da publicidade, já que com um departamento voltado exclusivamente para a questão racial, teríamos o instrumento para desenvolver ações de cobrança da pratica da legislação vigente(que, teoricamente, é uma dasmais avançadas ), assim como promoçao de campanhas educativas de consientizaçao, etc. Portanto criar uma diretoria de promoção da iqualdade racial dentro da estrutura do Municipio significa avançar com as politicas públicas locais e demonstra uma perfeita sintonia com as politicas de inclusão social do Governo Federal que são muito bem aprovadaspelo conjunto da sociedade de raça e etnia . Espero que o Prefeito Julio Lócio abrace essa causa.

  12. Mila Freitas disse:

    Sr. Carlos Brito, fiz um comentario sobre a Vereadora Maria Elena e para ser postado nesse tema e infelizmente o postei em outro tema defendido, tambem , pela Veeadora . Contudo fica registrado e o mesmo pode servir para os dois. Obrigada. Desde que descobri o seu blog o acesso todas as manhas antes de ir trabalhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *