Liminar ‘freia’ temporariamente processo de cassação da prefeita de Mirandiba

0
Foto: reprodução

Alvo de processo de cassação pela Câmara de Vereadores de Mirandiba (PE), no Sertão Central, a prefeita Rose Cléa Máximo já foi  alvo de vários questionamentos acerca de sua gestão, mas agora ela conseguiu ganhar um pouco de fôlego. O  processo foi interrompido por uma decisão liminar provisória, enquanto se julga o mérito, do juiz Daladiê Duarte Souza. O pedido foi da própria gestora.

Ela alega que o vereador Claudynadson Cruz (o ‘Natinho do Sindicato’), presidente da Comissão, não teria observado alguns requisitos para dar andamento. Entre eles estão a não comprovação da qualidade de eleitor do denunciante, inépcia da denúncia, incompetência do Poder Legislativo para julgar a matéria e cerceamento de defesa.

O juiz atendeu a liminar, mas ainda ouvirá a comissão que dá andamento ao processo, notificada através do vereador para responder em até dez dias, para a partir daí, tomar a decisão final no chamado julgamento do mérito, passível de recurso em outras instâncias. Com a colaboração de Anchieta Santos/para o Blog.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome