Leitor ironiza apelidos dados pela população a monumentos de Petrolina

3

O leitor João Gauberto Andrada chamou atenção para uma peculiaridade em Petrolina: a ‘tradição’ da população em atribuir apelidos a monumentos importantes da cidade. E ironiza esse fato.

Confiram:

A capacidade do ser humano nordestino em apelidar as coisas foge do” modus operandi”, da formalidade erudita. E, a propósito, caminhando por Petrolina, em frente ao Monumento dos Pracinhas, me pus a conversar com uma senhora simpática, antiga moradora do local, que batizou esta escultura de “Monumento dos Bebinhos”.

O que chamou a minha atenção foi o fato de que as pessoas tendem a colocar apelidos, nem sempre simpáticos, aos monumentos mais significativos da cidade, denotando uma afeição natural do homem pelas obras de arte. O exemplo mais saliente é o “Monumento da Besteira” (da Integração), cheio de simbolismos em sua arquitetura e a sua homenagem à integração dos bairros pela Avenida da Integração.

Entretanto, vemos que a importância dos monumentos artísticos para a composição paisagística e urbanística das grandes metrópoles, prevalece desde a antiguidade, causando uma pantomima que me faz dizer: viva o povo brasileiro!

João Gauberto Andrada/Leitor

3 COMENTÁRIOS

  1. “A capacidade do ser humano nordestino em apelidar as coisas foge do” modus operandi”, da formalidade erudita.”
    Interessante é que não existe o gentílico de quem nasce no nordeste, logo o termo “nordestino”, usado pelo autor do texto, é um apelido, tema da crítica do leitor, apelido este, que tem origem preconceituosa, uma vez é foi criado para diferenciar as pessoas nascidas no nordeste do restante do país…
    Outra coisa, talvez o autor nunca tenha ouvido em: Elevado Presidente João Goulart – popularmente conhecido como Minhocão, ou no Monumento Solarius, ou seria “Chifrudo”?

  2. E Tem mais. Tem o monumento Picolé, na entrada da cidade via lagoa grande, tem o monumento do escorrega, no trevo da cidade. O que vale hoje em dia é a criatividade

  3. É muita ingnorancia desse povo mal informado! primeiro tem que saber os nomes dos monumentos e preservar o seu nome original, é não ficar colocando apelido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × 3 =