Leitor critica preços elevados dos combustíveis em Petrolina

por Carlos Britto // 07 de maio de 2009 às 10:00

O leitor Paulo Ferreira escreve ao Blog manifestando seu aborrecimento com a discrepância de preços cobrados nos postos de combustíveis de Petrolina, se comparados aos dos grandes centros. Esse problema, aliás, é antigo na nossa cidade. Mas é sempre bom o consumidor reivindicar seus direitos:

Não tenho nada contra dono de postos, mas estou indignado com o que está acontecendo em Petrolina com relação aos preços dos combustíveis. Estive na cidade de Salvador a semana passada e abasteci o meu veiculo pagando a importância de R$ 1,35 por litro de álcool, no mesmo posto a litro da gasolina custava R$ 2,43 isto num posto localizado na área urbana da cidade. É possível aceitarmos um preço do álcool de R$ 1,98 quando sabemos que a diferença é apenas o frete? e se por acaso o álcool que consumimos for produzido aqui mesmo na região, uma vez que temos uma usina produtora? Com a palavra o Ministério Público, Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e Procom.

 

Leitor critica preços elevados dos combustíveis em Petrolina

  1. Audomiro disse:

    Sugiro ao leitor que procure o vereador ALVORLANDE

  2. ATENTO disse:

    O Sr. Paulo Ferreira está corretíssimo na sua crítica. Nada justifica os altos preços de combustíveis praticados pelos postos em nossa cidade e Juazeiro-BA. Na vizinha cidade, além da usina de álcool, tem, também, a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobrás. Outro fato agravante, é a venda de combustível adulterado. Quer dizer, além de preço alto, ainda corremos o risco de estar consumindo gasolina, diesel e álcool de péssima qualidade. As autoridades competentes que se pronunciem e nós, consumidores, vamos a luta.

  3. Maria disse:

    Não é só os combustíveis que estão com preços altos não. Tudo em Petrolina é absurdamente mais caro que em qualquer lugar do mundo. Os comerciantes acham que a população fica sentada em uma calçada puxando dinheiro a rodo. Mas a população de Petrolina é pobre, apesar de aparentar riqueza. Um aluguel de um cubículo de quarto e sala sem nenhum conforto custar R$ 450,00 (quatrocentos e cinquenta reais) é um absurdo. Acorda povo! Reaja a essa exploração! Pois somente o povo pode acabar com esta farra da exploração.

  4. Sertanejo disse:

    Caro Paulo, parabéns pela iniciativa e que comece aqui um protesto contra esse abuso, não dá pra aceitar Petrolina cobrar R$2,95 por litro de gasolina, ENQUANTO QUE em AFRÂNIO E RAJADA o preço cobrado é R$2,79, seria muito bom que autoridades municipais, estaduais e federais pudessem ver esta importante mensagem….

  5. Zé neguim disse:

    Será que a valentona da Ana Rúbia não poderia resolver esse problema, só sabe falar de política.

  6. Sertanejo disse:

    E CLARO TOME PROVIDÊNCIAS….HOI BRASILZINHO + OU -…

  7. Sávio Angelin disse:

    Sr. Paulo Ferreira. Esse cartel institucionalizado, sem que ninguém, nenhuma altoridade ou o Ministério Público entre em ação, acho que faltava essa sua provocação. Esperamos que os representantes do povo na Câmara de vereadores abra esse debate, puxem uma audiência pública, pois é inconcebível essa prática. Todos os Postos têm o mesmo preço independentemente da queda dos preços no Brasil e no Mundo. Aliás, nem parece que isso aqui faça parte do Brasil. Outro dia lia uma reportagem onde falava que a inflação estava em queda motivada pela queda dos preços de combustíveis.Aqui, entretanto, os preços da gasolina continuavam beirando a casa dos R$3,00. Esperamos uma resposta. Não aguentamos mais esse abuso.

  8. Paulo Robério disse:

    NÃO É SÓ EM CALI NA COLÔMBIA QUE EXISTE UM GRANDE CARTEL (DAS DROGAS). PETROLINA É SABIDO DE TODOS, HÁ MUITO TEMPO FOI IMPLANTADO POR DONOS DE POSTOS, O CARTE DOS COMBUSTÍVEIS.

    ENQUANTO OS ÓRGÃOS FISCALIZADORES NÃO TOMAM UMA ATITUDE QUANTO A ISSO, SÓ NOS RESTA CONVIVER COM O PROBLEMA, POIS O CIDADÃO COMUM NÃO TEM PLENOS PODERES PARA DAR UM FIM A ESSE DESMANDO.

    VAMOS CONTINUAR RECLAMANDO, QUEM SABE, ALGUÉM COMPRA ESSA BRIGA

  9. Opara disse:

    Maria… vc está equivocada… se um aluguel no condomínio San Diego ou San Rafael custa de 450 a 500 reais, como um quarto vai custar esse preço? a não ser um quarto completo com ar condicionado; assim esse preço é praticado em qualquer lugar …

    Quanto à gasolina, venho criticando há muito tempo. Cadê os nossos promotores que não tomam uma atitude… vivem reclamando da Prefeitura, mas não tem coragem de enfrentar o cartel das distribuidoras…

    Petrolina é o lugar onde os MP é menos atuante, seja o federa, seja o estadual.

  10. A MORTE DE CHAMA disse:

    Tá doido!

  11. ricardo souza disse:

    Proponho que se faça um abaixo-assinado e seja entregue no ministério público federal que é o órgão que cuida das questões essenciais ao Estado brasileiro, como essa dos combustíveis. Buscar quem assine não é o complicado.

  12. regina carla disse:

    isso ai eh coisa pa policia federal

  13. willian michel disse:

    “e se por acaso o álcool que consumimos for produzido aqui mesmo na região, uma vez que temos uma usina produtora?”

    Tem usina produtora? onde?

  14. Sertanejo disse:

    WILLIAN É A AGROVALE

  15. DOIDIN DE RAIVA disse:

    E OS CARROS DA PREFEITURA SÃO ABSTECIDOS AONDE ?

  16. André disse:

    Não há dúvida que os preços dos combustíveis em Juazeiro e petrolina acontecem em regime de cartel. Não há justificativas, pois há uma unina de açucar e alccol em Juazeiro e também uma distribuidora da petrobrás, que recebe o combustível pela ferrovia vinda da refinaria Landulpho Alves, em São Francisco do Conde (BA), meio de transporte mais econômico. No mais o município de Juazeiro poderia ser beneficiado com uma redução do ICMS para o açucar e alcool por ser município produtor e ser o maior responsável do gênero no Estado da Bahia. No entanto aqui pertinho, em Campim Grosso (BA) o preço destes combustíveis é bem menor…

    Onde estão os nossos governantes eleitos?

  17. Petrolina Minha Terra Meu Lugar disse:

    Pra Promotoria meter pau e mandar os homens pobres pra cadeia, por motivo de pensão é fácil, agora na hora de enfrentar os poderosos (máfia dos combustíveis) fica com o rabo preso entre as pernas.

    Não cobramos nada a mais da Promotoria, os promotores ganham para isso, para trabalharem, enfrentando também os cartéis, e não se metendo em política ou perseguindo os pobres coitados.

  18. Gregório de Mattos disse:

    Depois da leitura desses comentários, fui abastecer a moto num determinado posto da cidade.
    Diálogo ocorrido:
    (EU) – Pq a gasolina é o mesmo preço em todos os postos, se as estruturas e as despesas são tão diferentes ?

    (FRENTISTA) – O SENHOR CONHECE A HISTÓRIA DE UM COMERCIANTE LÁ DO QUATI QUE BAIXOU O PREÇO DO BOTIJÃO DE GÁS PARA R$ 19,00 , UNS DOIS ANOS ATRÁS ? SAIU CORRIDO DE PETROLINA PARA NÃO MORRER !

    Entendi.

  19. Carlos Alberto disse:

    Parabéns pela iniciativa, só que infelismente as coisas irão continuar como estão, pois nem a Promotoria Pública, nem a Polícia Federal e nem ninguém vão dar jeito nisso, pois esse cartel instalado aqui na nossa região é muito poderoso, é um absurdo somos roubados toda vez que abastecemos nossos carros e sem falar em alguns postos que vendem a gasolina adulterada, isto é BRASIL, isto é PETROLINA!!!

  20. Carlos Alberto disse:

    A Dra. Ana Rúbia não é nem doida de se envolver com isso pois ela tem amor a vida dela, aliás nem ninguém teria a coragem de se meter nisso, pois esse cartel é muito poderoso, eu estou para ver o dia em que alguém vai ter a coragem de se meter nessa questão, enquanto isso continuaremos sendo roubados todas a s vezes que abastecermos os nosso carros…

  21. Rossano Kyhoma disse:

    Grande Britto,

    Isso é a pura verdade britto, estive em salvador também esse feriado e o preço la é muito mais barato de que aqui na região, e voce rodando um pouco mais acha mais barato ainda, abasteci o carro com alcool a R$ 1.32 e gasolina a R$ 2,35 aqui alcool esta R$ 2,00 praticamente e gasolina R$ 3,00 isso é um absurdo, vamos alertar as autoridades publicas pra ver isso britto.

    Um grande Abraço amigo. e parabéns pelo blog que é um sucesso.

  22. Maria disse:

    Opara,

    Pegue esses 450,00 ou 500,00 e tente alugar em Recife, Salvador, Fortaleza ou qualquer outro lugar, aí você verá que alugará um imóvel de primeira linha, confortável, então verá que o que se pratica aqui em Petrolina é um roubo. Um imóvel em Petrolina, em péssimas condições custar esse preço, é um assombro. Porque estou tentando alugar e no entanto, só tenho visto isto, no centro da cidade e na areia branca.

  23. joel silva disse:

    Na realidade esse problema dos combústiveis dessa cidade, é uma grande panela cheia de maldades e benefícios que já corrompeu a tudo e a todos , é um povo da alta sociedade , que tem boas e influentes “amizades” em todos os campos. RESUMINDO : nem P.F nem M.P. nem ninguém dá jeito nisso aí. Acho que uma bomba atômica resolveria o problema do cartel nessa cidade!!!!

  24. Pedra Linda disse:

    Petrolina Minha Terra Meu Lugar, a prisão por não pagamento de pensão alimentícia é determinada por lei e não por Promotoria. O Promotor(a) só aciona a justiça se a mãe da criança solicitar. Já a máfia dos combustíveis é dificil de combater, principalmente após o Plano Real, que proibiu o Estado de intervir no mercado. Hoje o Estado só atribui o preço máximo, o restante fica ao sabor das “leis de mercado”.

  25. Vítor Nobre disse:

    Realmente, Petrolina é o paraíso de exploração ao Consumidor. Tudo aqui é mais caro – do sal ao caviar!
    Estive em Senhor do Bonfim (ha sei lá, menos de 200km) estes dias e lá o preço da gasolina é de R$2,62. Por aqui em promoção é R$2,90. Um absurdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *