Lagoa Grande: População tem cumprido determinações do novo decreto, avalia Prefeitura

1

Desde a última quinta-feira (16), a cidade de Lagoa Grande (PE) vem cumprindo o novo decreto que estabelece toque de recolher com restrições de locomoção das 19h às 4h, e os resultados têm sido positivos. Pelo menos foi o que divulgou em nota conjunta a prefeitura municipal, Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC) e Ministério Público. 

De acordo com a nota, população e comerciantes de supermercados, farmácias, lanchonetes, bares, restaurantes, têm cumprido as restrições – alguns usando delivery e seguindo com as orientações aos seus clientes.  Essa foi a primeira semana de rondas e operações com fiscalizações educativas. As ações vão continuar até o dia 31 deste mês. Para o Tenente-coronel Carvalho, a parceria com os órgãos municipais tem sido muito positiva e vem surtindo o efeito desejado.

“Nós estamos empregando três viaturas, com dez policiais, no conceito da Operação Convivência e temos orientado a nossa tropa a cumprir na íntegra que está no previsto nos Decretos Estadual e Municipal. Sob o comando de um graduado, todas as noites as rondas são realizadas em toda a cidade, em ações de fiscalização ao cumprimento do Decreto Municipal 047. Tivemos esta primeira semana de orientações educativas, foram muitas abordagens. Percebemos que, tanto a população quanto os comerciantes de bares, restaurantes e lanchonetes estão cumprindo. Portanto o saldo é muito positivo. Observamos que, poucos supermercados não estão cumprindo o distanciamento dentro do estabelecimento e não estão disponibilizando álcool para higienização, o que também já orientamos sobre a adequação. A partir de agora cada cidadão ou responsável pelo estabelecimento flagrado que já tenha sido advertido num primeiro momento, confirmada a reincidência, será conduzido a Delegacia para a recepção da ocorrência e lá lavrado o Termo Circunstanciado de Ocorrência para responder criminalmente pelo descumprimento. No geral, parabenizamos toda a população pelo bom comportamento”, explicou o comandante da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Já a secretária da Saúde, Samara Martins, avaliou que a experiência tem sido muito exitosa, porque durante uma semana inteira foram feitas ações educativas e poucos casos de descumprimento foram registrados. “Tivemos poucas autuações com apoio da Polícia Militar, Polícia Civil e Ministério Público e, enquanto Secretaria da Saúde e Vigilância Sanitária, esperamos que a população e comerciantes continuem colaborando e, que isso traga um reflexo considerável na curva de contaminação nos próximos 15 dias, quando será possível analisarmos de fato os resultados. Queremos também agradecer, em nome do prefeito, a parceria das instituições envolvidas, as nossas equipes técnicas e, de forma muito especial o trabalho da imprensa local e regional (blogs/rádios), que têm contribuído demais nas divulgações dos nossos boletins semanais e esclarecimentos à população”, finalizou.

1 COMENTÁRIO

  1. Isso é conversa pra boi dormir. O povo continua andando pra cima e pra baixo. No interior do município continua bares abertos até altas horas cheio de gente na maior tranquilidade muitas vezes com festas. Sem nenhuma fiscalização. E o povo na para de fazer festa e mais fresta de aniversários com muita gente presente abusando da sorte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome