Laboratório de crack é desativado em Feira de Santana

por Carlos Britto // 16 de maio de 2009 às 21:27

Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE/Feira) e do Departamento de Narcóticos (Denarc) desativaram um laboratório montado para a produção de crack no bairro Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana (BA).

De acordo com os policiais, três homens, identificados como Juarez Welington da Silva de Lima, 31 anos, Manoel Santos da Silva, 47 anos, e Francisco Ednaldo Marinho Mesquita, 24 anos, foram encontrados no local e presos em flagrante sob a acusação de tráfico de drogas.

Segundo o delegado Alexandre Narita, titular da DTE/Feira, todos os três acusados eram ex-presidiários. Também foi encontrado no local cerca de um quilo de crack e de cocaína, uma pistola 9mm, um revólver calibre 38, uma granada, além de três balanças de precisão e grande quantidade de ácido bórico e éter.

Autuados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, Juarez, Manoel e Francisco permanecerão custodiados no Complexo Policial do município no aguardo de determinações judiciais. Ainda de acordo com o delegado Narita, o Centro de Operações Especiais (COE) já foi solicitado para detonar a granada.

Laboratório de crack é desativado em Feira de Santana

  1. Juazeiro deu sua contribuição para Elaboração do material.
    Livro: Educação 2009
    “As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores”
    http://www.humanaeditorial.com.br

    * O tema Reforço Escolar, pag.125-127(Raylene Rêgo Braz Andrade Oliveira.Juazeirense, Cristã, pedagoga, especialista em interdsiciplinaridade)

    “O Reforço Escolar não é uma fórmula, mas um instrumento, um meio para auxiliar o processo educativo.”P. 126

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *