Juazeirense emite nota oficial sobre falecimento do atleta Danilinho

2

A Desportiva Juazeirense emitiu uma nota oficial sobre o falecimento do meia Danilinho, também conhecido como “Danilo Caçador”, de 32 anos, que foi vítima de uma parada cardíaca na tarde de ontem (13), depois do treinamento da equipe, no estádio Paulo de Souza Coelho, em Petrolina. De acordo com a nota, o jogador passou mal durante a atividade e morreu em decorrência de uma parada cardíaca.

É com muito pesar que a Sociedade Desportiva Juazeirense comunica o falecimento do atleta Danilo Caçador, 32 anos. Danilinho sofreu um mal súbito às 16h55 desta terça-feira (13)  durante o treinamento da equipe no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Atendido ainda em campo, o atleta foi removido para o Hospital Memorial de Petrolina, onde deu entrada às 17h05. A equipe de emergência do hospital fez todos os procedimentos de urgência, o atleta chegou a ser reanimado, mas não resistiu a parada cardíaca e veio a óbito“, diz a nota.

Já o presidente da Juazeirense, deputado Roberto Carlos, disse estar prestando todo o apoio à família do atleta. “Estamos prestando todo o apoio à família do atleta e o clube fará todos os procedimentos necessários. É um momento de dor para toda a família Juazeirense”, ressalta o presidente. Não foi informado, no entanto, onde será realizado o sepultamento do atleta, que é natural de Bauru (SP). Ele era casado e deixa um filho de 10 anos.

Atuação

Danilinho disputou apenas uma partida pelo ‘Cancão de Fogo’ – foi na estreia do Campeonato Baiano, no empate de 2×2 com o Vitória, no Barradão. Danilinho iniciou a carreira no José Bonifácio, clube do interior de São Paulo, de onde partiu para a Portuguesa Santista. No currículo, ele teve passagens por clubes como Atlético-GO, Figueirense e Chapecoense. No ano passado, defendeu Itumbiara e Remo. (foto/divulgação)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

12 − 5 =