Jarbas em Petrolina dia 22. A campanha está começando

por Carlos Britto // 16 de março de 2009 às 06:20

O governador Eduardo Campos (PSB) ainda não está em campanha eleitoral, mas o clima de otimismo no Palácio das Princesas sobre os resultados dos dois primeiros anos de gestão é tão marcante que se tem a sensação de que todos acreditam que a reeleição do governador em 2010 está garantida.

A oposição, porém, identifica pontos vulneráveis e diz, por exemplo, que a subida de tom nas declarações de Eduardo contra Jarbas Vasconcelos (PMDB) tem um motivo: pesquisa sobre 2010, para consumo interno, aponta que o senador tem crescido nas intenções de voto, respaldado por sua cruzada contra a corrupção.

E essa expansão, segundo peemedebistas, ocorreu exatamente no Sertão – região percorrida pela caravana de Eduardo para divulgar os resultados do governo, inaugurar obras e assinar ordens de serviço.

No Palácio, ninguém comenta sobre isso, até porque a ordem é não estimular a oposição. Mas, as inserções de Jarbas na TV que começam a ser veiculadas nesta segunda-feira e que vão até a quarta-feira, devem jogar mais lenha nessa fogueira. Além das inserções, o PMDB fará também seu primeiro Encontro Regional, no próximo domingo, dia 22, em Petrolina, com a presença de Jarbas que vai ao município, pela primeira vez, depois da vitória do peemedebista Júlio Lóssio como prefeito.

Como se sabe, essa vitória peemedebista marcou também a grande derrota do governador Eduardo Campos nas eleições municipais em todo o estado, se bem que por fatores mais ligados à divisão local do PSB do que mesmo pelos méritos de Lóssio, um iniciante na política. Mas o fato é que o PMDB de Jarbas ganhou e o PSB de Eduardo perdeu.

A propósito, Petrolina é um município que serve de termômetro em todo o Sertão do São Francisco, região onde Jarbas, quando governador, colheu índices bem desfavoráveis. O encontro peemedebista no município é o pontapé inicial do trabalho de fortalecimento político da legenda e de reaproximação com a sociedade com vistas às eleições de 2010.

Agora, apesar de todo esse clima político-eleitoral, Jarbas ainda não definiu se vai ou não disputar o governo do estado, mas muitos governistas estão salivando só em pensar no embate entre Eduardo e o senador. E, claro, os dois grupos garantem que vão ganhar a eleição.

Fonte: Marisa Gibson

Jarbas em Petrolina dia 22. A campanha está começando

  1. Sávio Angelin disse:

    É impressionante como jarbas “tramou” sua saída do ostracismo político. Ele passou oito anos no governo de Pernanmbuco numa gestão medíocre, em que massacrou o funcionário público, vendeu a Celpe e deixou o estado como um dos piores avaliados na Educação no Brasil, e professores com o pior salário da Federação. Agora ele prepara um discurso em que ataca a ética dentro do seu próprio partido e quer passar para o público despolitizado que ele é o guardião da ética. Por favor…..
    Se ele é tão ético por que não muda de partido, por que não vai logo de vez para o PSDB? Sabe por que? porque ele perde o mandato….
    O Doutor Jarbas é tão correto, tão ético que bastou um jornalista fazer um comentário isento sobre o seu discurso no senado pra ser demitido do Jornal do Comércio, depois de mais de vinte anos de um trabalho sério naquele Jornal. Imagina se pudesse ser publicado a verdade sobre jarbas. Tem uma jornalista que substituiu Inaldo Sampaio, que dá até pena dela. Todo dia ela tem que publicar algo sobre Jarbas ( de positivo é claro) ela até ressucitou Egídio Ferreira Lima, porque é conselheiro de Jarbas.
    Eduardo Campos, em apenas quatro anos já superou os oito de Jarbas, mostrando a que veio, investindo na Educação, na segurança pública e sobretudo na ética. Nós, o s Pernambucanos, por amor a nossa terra não permitiremos a volta do atraso político de Jarbas e do PFL (travestido de Democratas). Parabéns Eduardo Campos, continue sua caminhada por Pernambuco. Voce chega de cabeça erguida em todas as cidades e, certamente não terá uma manifestação de servidores pra protestar, como na época de Jarbas.

  2. Compesiano disse:

    Boa Sávio.Um bom exemplo do que você disse foi o processo de sucateamento da compesa que aconteceu durante o governo de Jarbas.Como consequência desse processo sofremos até hoje com um sistema que está tentando se reestruturar.
    Campos também não é santo,apesar dos avanços na educação,saúde e segurança .Esperamos mais.Campos sabe que está perdendo território no interior,prova disso foi as eleiçoes de 2008 onde ele saiu derrotado.
    A compesa não foi privatizada isso é bom,mas a realidade é que o funcionário da compesa não tem seus direitos garantidos,não recebe os adicionais de insalubridade,periculosidade e o dificil acesso que são direitos garantido por lei ,e aindasão punidos a pedido de um prefeito aqui outro ali,sem falar na prestação de serviços que é de pécima qualidade.
    O fato é que não existe nada de inovador nem na política de Eduardo nem na de Jarbas.Puro marketing.

  3. David nomero De Macedo disse:

    NÃO SE PREOCUPEM, O QUE É RUÍM PARA FUNCIONARIO PUBLICO É BOM PARA O POVÃO, E É ISSO QUE IMPORTA, NÃO FOI ATOA QUE JARBAS GANHOU PARA O SENADO COM MAIS 68% DOS VOTOS VALIDOS, EDUADO VAI TER QUE RALA MUITOOOOO.

  4. David nomero De Macedo disse:

    TRISTE ERA NO GOVERNO ARRAES,AVÓ DE EDUADO,TODOS OS DIAS TINHAM ASSALTOS A ONIBUS NAS BRS, OU SERÁ QUE NINGUEM LEMBRA? O EDUARDO ERA SECRETARIO DE ESTADO.MAS QUEM ACABOU???? FOI JARBAS…….E ATÉ HOJE O EDUARDO MANTEM O PROGAMA DE BARREIRA DA POLICIA MILITAR, OU SERÁ QUE NINGUEM VER???????

  5. David nomero De Macedo disse:

    QUEM NÃO LEMBRA DOS PRECATÓRIOS DE ARRAIS E EDUARDO SECRETÁRIO??? APROPOSITO,POR QUE O NOSSO GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS ANTECIPOU AS DATAS DOS IPVA ????SERÁ QUE NÃO JÁ É FALTA DE CAIXA?? VAMOS AGUARDAR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *