Governo confirma transmissão comunitária da Varíola dos Macacos em PE

por Carlos Britto // 01 de setembro de 2022 às 22:00

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou, nesta quinta-feira (1), mais uma atualização dos casos notificados envolvendo a Varíola dos Macacos (Monkeypox) em Pernambuco. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde (Cievs-PE) contabiliza, até o momento, 502 notificações, sendo 351 casos que ainda estão em investigação, 42 confirmados e 109 descartados. Após esses números, o Estado confirmou a transmissão comunitária da doença.

Do total das notificações, 42 pacientes tiveram confirmação laboratorial para a varíola. São pessoas residentes nos municípios do Recife (27), Jaboatão dos Guararapes (4), Paulista (2), Olinda (2), Caruaru (2), Petrolina (1), Camaragibe (1), Surubim (1), São José do Egito (1) e Condado (1). As faixas etárias são: 20 a 29 (18), 30 a 39 (14) e 40 a 49 (8), 60 e mais (2). Sendo 36 do sexo masculino e 6 do sexo feminino. Dos casos confirmados, todos estão em isolamento domiciliar.

A transmissão comunitária da doença acontece quando não é mais possível identificar a origem da infecção. Esse estágio já era esperado, visto que diversos estados do país já confirmaram a circulação sustentada e a disseminação autóctone do vírus. Do ponto de vista da vigilância epidemiológica, permanecem todas as ações de monitoramento e acompanhamento dos casos, assim como a obrigatoriedade da notificação compulsória pelos serviços de saúde”, declarou a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Patrícia Ismael.

Ela lembra ainda que o Estado já possui o Plano de Resposta de Saúde Pública aos casos da doença em Pernambuco com o objetivo de minimizar o impacto provocado pela introdução do vírus no território estadual.

Também continuamos instrumentalizando os gestores municipais a fim de garantir uma resposta adequada à doença“, pontuou Patrícia.

Mapeamento

Os 351 casos em investigação são de pessoas residentes nos municípios do Recife (53), Olinda (44), Jaboatão dos Guararapes (42), Paulista (25), Abreu e Lima (13), Caruaru (10), Petrolina (11), Belo Jardim (9), Cabo de Santo Agostinho (9), Carpina (9), Camaragibe (7), Paudalho (7), Garanhuns (6), Limoeiro (5), Tuparetama (5), Buíque (4), Ferreiros (4), Pesqueira (4), Araripina (3), Floresta (3), Jatobá (3), Ouricuri (3), São José do Egito (3), São Lourenço da Mata (3), Araçoiaba (3), Bom Jardim (2), Brejo da Madre de Deus (2), Cabrobó (2), Igarassu (2), Ipojuca (2), Itaquitinga (2), Lagoa Grande (2), Machados (2), Nazaré da Mata (2), Palmares (2), Pedra (2), São Caitano (2), Tabira (2), Tacaimbó (2), Afogados da Ingazeira (1), Alagoinha (1), Altinho (1), Arcoverde (1), Barreiros (1), Belém do São Francisco (1), Bezerros (1), Brejinho (1), Camocim de São Félix (1), Casinhas (1), Catende (1), Condado (1), Custódia (1), Fernando de Noronha (1), Gameleira (1), Granito (1), Gravatá (1), Ilha de Itamaracá (1), Ipubi (1), Jaqueira (1), Jucati (1), Lajedo (1), Pombos (1), Rio Formoso (1), Sairé (1), Salgueiro (1), Santa Maria do Cambucá (1), São João (1), São Joaquim do Monte (1), São Vicente Ferrer (1), Serra Talhada (1), Timbaúba (1), Toritama (1), Vertente do Lério (1) e Vertentes (1).

As faixas etárias são: 0 a 9 (52), 10 a 19 (58), 20 a 29 (79), 30 a 39 (60), 40 a 49 (51) e 50 a 59 (30) e 60 ou mais (19). Desse público, 198 são do sexo masculino e 151 do feminino. Os casos notificados estão sendo acompanhados pelas equipes de vigilância epidemiológica municipais.

Governo confirma transmissão comunitária da Varíola dos Macacos em PE

  1. ysrebelde disse:

    Já vi esse filme e não gostei da história. O próximo passo será: “fique em casa e a economia a gente vê depois”. Tinha esquecido que o slogan era: “fique em casa (se puder) que a economia a gente vê depois”. Santa hipocrisia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.