Funase inicia planejamento de cursos para socioeducandos que passam pela instituição

por Carlos Britto // 17 de maio de 2021 às 10:30

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) começou a fazer um levantamento de interesses dos adolescentes e jovens em cumprimento de medidas de internação e de semiliberdade em Pernambuco sobre educação profissional. A ideia é conhecer áreas e cursos prioritários e, assim, viabilizar a oferta de vagas de modo mais assertivo, além de medir o efeito das ações realizadas em períodos anteriores. A pesquisa é feita anualmente para manter atualizado esse banco de informações, considerando a rotatividade do público que passa pela instituição.

Durante apresentações nas unidades da Funase, os socioeducandos são apresentados a áreas como informática, eletrônica, mecânica, construção, marcenaria, barbearia, jardinagem, moda e beleza, alimentação e artesanato. Depois de terem conhecimento de possibilidades de trabalho e de empreendedorismo em cada setor, além de aspectos relativos aos cursos, como carga horária e requisitos mínimos, os adolescentes e jovens são consultados sobre as áreas em que mais desejam se qualificar, o que é registrado em fichas de pesquisa. Esse trabalho é conduzido pela equipe do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.