Fruticultores de Petrolina decidem investir no Piauí

por Carlos Britto // 14 de março de 2009 às 16:00

Pelo menos 90% dos 40 fruticultores do vale do São Francisco, que desde quarta-feira estão conhecendo a região de São João do Piauí, já estão decididos a investir em fruticultura irrigada no Estado, segundo revelou o produtor pernambucano Getúlio Dias, organizador da viagem do grupo.

Os 40 produtores de Petrolina visitaram a Fazenda Aroeira que há dez anos produz banana e manga no município de João Costa, vizinho a São João do Piauí. Segundo Getúlio Dias, que fala em nome do grupo, todos eles ficaram surpresos com a qualidade do solo.

Ele adianta que os empresários que estão decididos a investir no Piauí já começaram a discutir entre si uma maneira de conciliar as plantações de Petrolina com as de São João do Piauí. “A ideia inicial é de se criar grupos que se dividirão na administração”, informa.

Outro produtor de frutas de Petrolina, o agrônomo Manoel Elizeu Alves, disse que “a natureza foi muito generosa com a região”. Ele reconhece que há um grande potencial a ser explorado no vale do rio Piauí e que a terra está apta a receber tecnologia.

Para o secretário de Desenvolvimento Rural, Rubens Martins, a visita do grupo à região foi muito proveitosa. Ele não tem dúvida de que muitos deles irão investir no Piauí a partir de agora.
Hoje, último dia da visita, os pernambucanos conheceram também o balneário Jenipapo, onde fica a barragem do Jenipapo, que garante a perenização do rio Piauí e dispõe de água suficiente para assegurar a irrigação de projetos de toda a região.

Fonte: 45graus

Fruticultores de Petrolina decidem investir no Piauí

  1. Manezim do Juá disse:

    É um sinal de que a Secretaria de Desenvolvimento Rural de lá está fazendo um bom trabalho.
    Com o solo que temos aqui no Vale do São Francisco, com toda uma logistica e marketing voltado para a fruticultura irrigada, vemos nossos agricultores sendo seduzidos por uma região com condiçoes climáticas e produtivas semelhantes a nossa.
    Nada como um novo e carente amor…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *