Festas Juninas na berlinda

por Carlos Britto // 24 de maio de 2009 às 11:25

sao-joao-campina-grandeEfeitos da crise econômica mundial, redução do Fundo de Participação Municipal, a epidemia de dengue e as fortes chuvas que caíram este mês no Nordeste colocaram a festa junina baiana na berlinda. A um mês da festa, a maioria dos municípios não sabe o quanto terá disponível para gastar com o São João.

Cerca de 250 prefeituras enviaram projeto para o governo do Estado em busca de apoio, mas só terão a resposta no dia 29 de maio. O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, estima que cerca de 50 recebam o auxílio. Para garantir a festa, as prefeituras têm recorrido ao patrocínio de empresas como suporte financeiro.

O montante os patrocinadores não revelam. Não há também como estimar um valor geral e constatar o aumento na aplicação de recursos, já que são diversos os patrocínios espalhados em 417 prefeituras, muitas ainda em negociação. A cervejaria Skol, por exemplo, tem previsão de acréscimo dos investimentos em 100%.

Para montar uma festa de São João, uma prefeitura pode gastar de R$ 100 mil até R$ 1 milhão, a depender do porte do município e das atrações que serão contratadas, segundo estimativa da União dos Municípios da Bahia (UPB).

Com informações A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *