FBC avalia positivamente últimas pesquisas e garante: “Os adversários estão recuando e nós estamos crescendo”

7

Fernando Bezerra3Em visita a Petrolina para passar a Semana Santa ao lado da família e de amigos, o pré-candidato ao Senado pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho, visitou este Blog para falar sobre diversos temas. Como não poderia deixar de ser, a pauta principal da conversa foi política e eleições. A entrevista foi dividida em uma série de matérias que você, leitor, começa a conferir a partir de hoje (22).

Um dos assuntos mais comentados por Fernando foi o desempenho dos pré-candidatos da Frente Popular nas pesquisas, especialmente na divulgada na última semana pelo Instituto Maurício de Nassau, feita em parceria com o Jornal do Commercio. O levantamento mostra que Armando Monteiro Neto (PTB) tem 39% das intenções de voto para o Governo de Pernambuco, enquanto Paulo Câmara (PSB) aparece com 12%. Já na corrida pelo Senado, FBC tem 17% contra 29% de João Paulo.

Em contrapartida, a pesquisa mostra que Eduardo Campos (PSB) e Dilma Rousseff (PT) aparecem tecnicamente empatados em Pernambuco. O socialista aparece com 38%, contra 35% da petista. Segundo Fernando Bezerra, os números refletem a boa administração de Eduardo à frente do governo do estado, além de mostrar que a população deseja mudança.

“Nós temos outras pesquisas além dessa, levantamentos que foram feitos pelo PSB no final do mês de março e que apontam uma vantagem de Eduardo maior do que aquela que foi expressa pela pesquisa do Instituto Maurício de Nassau. O que todos nós sentimos é que a população de Pernambuco começa a tomar posição a favor de Eduardo Campos como candidato à Presidência da República. Eu acho que isso tem relação com a excelente taxa de aprovação com que ele deixou o governo. Após sete anos e três meses de administração, Eduardo conseguiu uma aprovação superior a 80%. Outro fator é que Pernambuco começa a consolidar um sentimento que já está a nível nacional, notadamente nas regiões Sul e Sudeste, que é o sentimento da mudança. Nós vamos assistir ao surgimento de um novo ciclo na política brasileira e Eduardo se credencia para ser um grande protagonista desse novo momento da política nacional”, comentou.

Sobre Armando Monteiro e João Paulo, Fernando avalia de uma forma surpreendente: para ele, os dois estão recuando nas pesquisas, enquanto os candidatos da Frente Popular estão crescendo. A expectativa é de que os números deem uma reviravolta nos próximos meses.

“Se admitirmos que as pesquisas buscam a realidade do momento eleitoral e pelo tempo em que elas vão a campo, podemos concluir que Armando Monteiro e João Paulo estão recuando, enquanto os candidatos da Frente Popular – Paulo Câmara e Fernando Bezerra – estão crescendo nas pesquisas. É isso que a gente constata nas nossas pesquisas internas. Nós vamos ter nos próximos 90 dias a aproximação dos números entre Armando/João Paulo e Paulo Câmara/ FBC”, disse.

Confiança

A avaliação positiva do governo de Eduardo Campos em Pernambuco – que chegou a 84%, segundo a pesquisa do Instituto Maurício de Nassau – irá ajudar os candidatos da Frente Popular, de acordo com FBC. Para ele, a expectativa é de que os números melhorem durante a campanha e após a veiculação do guia eleitoral.

“A tendência é Eduardo crescer em Pernambuco e no Nordeste após a campanha e o guia eleitoral. Nós estamos muito animados, a pesquisa é um instrumento para o planejamento da campanha, avaliações. Eu posso dar aqui o testemunho da confiança que nós temos dentro da Frente Popular e, sobretudo, dos candidatos majoritários em relação a essa eleição. Não só apenas pelo governo bem reconhecido pela população pernambucana, mas pela manutenção das prioridades dessa gestão, pela forma como o governo vem sendo conduzido. A gente percebe que à medida que Eduardo Campos for crescendo na sua pretensão pela disputa presidencial, ele tende também a ajudar muito no desenvolvimento da campanha aqui porque o apoio dele é importante e as pesquisas demonstram isso em todas as regiões que você afere a importância dos apoios políticos”, destacou.

7 COMENTÁRIOS

  1. Observo com apreensão o PT apoiar um ex-presidente da Federação Nacional da Indústria, Banqueiro, Usineiro, latifundiário. Mudou o PT ou mudou Armando Monteiro, membro do mesmo PTB de Roberto Jefferson?

  2. Com todo escandalo envolvendo o irmão F.B.C. ainda querendo ser o mais aceito pelos eleitores Pernambucanos!!!!! Vergonha essa gente ainda querer ser candidato a alguma coisa……. Vc deveria renuciar a sua candidatura… A corrupição na Politica é mais intensa que o povo imagine…

  3. Quero ver essa aprovação toda depois deste segundo mandato. esta pesquisa que aponta eduardo com 80% de aprovação esta errada, concerteza não foi feita aqui no sertão, somente na zona metropolitana do recife onde tudo por lá parece estar às mil maravilhas, enquanto que aqui o abandono é real e visível!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome