Ex-procurador da Prefeitura de Juazeiro diz a jornal que é “o único opositor de Isaac que pode prejudicá-lo”

1
Carlos Luciano e Isaac Carvalho. (Foto: Arquivo Divulgação)

Com a candidatura a deputado federal indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), sob a acusação de ter remanejado R$ 111 milhões em 2009 de recursos do orçamento sem autorização da Câmara, o ex-prefeito de Juazeiro Isaac Carvalho toca sua campanha. E culpa a Procuradoria do município.

Em entrevista ao jornalista Levi Vasconcelos, da Coluna Tempo Presente, do Jornal A Tarde, Carlos Luciano – o procurador da época, hoje adversário – ironizou: “Ele faz isso talvez por eu ser o único opositor que pode prejudicá-lo“.

Isaac foi condenado em maio de 2016 pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) a um ano, 11 meses e 10 dias de prisão, que pode ser convertida em serviços alternativos, e ficar inelegível por cinco anos por conta do caso, denunciado pelo Ministério Público de Contas. Ele diz estar confiante, porque não houve dolo, mas os adversários alegam que o processo foi julgado pelo TJBA, em segunda instância, o que complica a vida do ex-gestor. (Com informações do jornal A Tarde)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome