Em visita à Feira de Artesanato, Suzana destaca importância de retomada do segmento

por Carlos Britto // 25 de setembro de 2021 às 21:30

Foto: Ascom/PMJ divulgação

Acompanhada do secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Sérgio Fernandes, e do deputado estadual Roberto Carlos, a prefeitura de Juazeiro Suzana Ramos participou na sexta-feira (24) da abertura da Feira Artesanato da Bahia, no Espaço Cultural da Casa do Artesão. O evento, que tem como objetivo expor e comercializar produtos do artesanato de todo o estado, foi aberto oficialmente pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes da Bahia (Setre), Davidson Magalhães.

Os artesãos e artesãs sofreram muito nesse período de pandemia, e agora essa feira é uma grande oportunidade para divulgar e comercializar os seus produtos”, declarou Suzana Ramos, que convidou a população para visitar a feira e ressaltou a necessidade de preservação da cultura popular.

Em seu pronunciamento, o gestor da Setre, Davidson Magalhães, agradeceu os parceiros do evento e falou sobre a importância de apoiar os artesãos. “Nós precisamos chegar com a assistência para os artesãos, porque a arte de como fazer os artesãos e artesãs já têm. O que nós precisamos é que eles encarem o artesanato, o negócio deles, como empreendedorismo, porque eles são empreendedores. Precisam ganhar esse apoio dos estados, dos municípios, do Sebrae, os órgãos precisam se somar para dar esse apoio”, frisou.

Para a artesã juazeirense Liliana Menezes, a feira é uma vitrine para o segmento. “Esse tipo de evento é de extrema importância porque a gente tem a oportunidade de apresentar o nosso artesanato ao público e vender. A pandemia prejudicou muito a gente, então essa retomada é uma oportunidade para comercializar os nossos produtos”, avalia.

Encerramento

Com entrada gratuita, a Feira foi encerrada neste sábado (25), às 21h, e contou com apresentações de artistas locais. O evento é promovido pelo governo do Estado, através da Setre, e pela Associação Fábrica Cultural. Além do apoio da Prefeitura de Juazeiro, conta também com a parceria do Sebrae/Bahia, Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (FAEB), Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Cesol Sertão do São Francisco e Casa do Artesão.

Foto: Ascom PMJ/divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *