Em Lagoa Grande, criadores dividem água do próprio consumo para que animais não morram de sede

1

PoçoCriadores rurais das comunidades de Barra Bonita e Barra Bonita velha, no interior de Lagoa Grande (PE), Sertão do São Francisco, passam por momentos dramáticos. Os poços artesianos que deveriam atender a comunidade estão quebrados, deixando os animais na eminência de morrer de sede.

Em Barra Bonita Velha, o poço completou 55 dias quebrado e uma peça do catavento se soltou e foi ao chão. Já em Barra Bonita, o equipamento vai completar 30 dias na mesma situação e os moradores têm que dividir a pouca água da cisterna com os animais.

Eles informam que os problemas acontecem por falta de manutenção e teriam tomado conhecimento de que estaria faltando até combustível para abastecer veículos da prefeitura, o que impede as equipes de se deslocarem para conferir os problemas in loco.

O Blog reserva espaço para esclarecimentos da prefeitura sobre o assunto. (Com informações do Lagoa Grande Notícias/foto reprodução)

1 COMENTÁRIO

  1. NÃO ENTENDO TODOS OS MUNICÍPIO. GANHANM POÇOS ARTESIANOS E SÓ AQUI QUE ESSES POLÍTICO NAO CONSEGUEM NADA. PARA O SERTANEJO QUE ESPERA POR UM inverno para plantar legumes,Lagoa grande tem políticos metirosos e. fracos com a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome