Em Afogados da Ingazeira, Gonzaga Patriota critica equipe de Paulo Câmara

por Carlos Britto // 10 de janeiro de 2019 às 15:31

Foto: PE Notícias/reprodução

Conhecido por manifestar seus posicionamentos sem temer represálias, o deputado federal reeleito Gonzaga Patriota (PSB) deu mais uma dessas declarações polêmicas. Em visita a Afogados da Ingazeira (PE), Sertão do Pajeú, no dia de ontem (9), o socialista fez críticas à equipe do governador Paulo Câmara (PSB).

Em entrevista à Rádio Pajeú FM, Gonzaga se mostrou claramente aborrecido com a comunicação do Campo das Princesas. “Hoje tem uma reunião do governador Paulo Câmara com a bancada federal no Palácio, e só ontem à noite é que recebi um comunicado informando. Agora o Palácio me liga perguntando se eu já estava chegando. Ora, estou a 400 km de distância. O comunicado era para ter sido feito com mais antecedência, e por telefone. Percorri mais de 40 cidades em menos de 20 dias e não tenho como ler e-mails por onde ando, o telefone é mais prático”, disparou Gonzaga.

O deputado disse ainda que o atendimento aos parlamentares “deixa a desejar” por parte do Palácio. “Quando telefonamos para falar com alguém da área mais próxima do governador, e não temos êxito naquele momento, ninguém se lembra de retornar as ligações para saber o motivo da nossa procura, e nós que somos do mesmo partido”, cutucou. “Não vou citar nomes, mas o próprio governador já me disse, quando eu lhe falei que iria procurar um secretário no Palácio e tratar de um assunto: ‘deixe pra ir depois do meio-dia porque o secretário só acorda depois das 11h’. Dessa forma a coisa não anda”, completou.

Em relação à política municipal, Gonzaga reforçou que apoiará o nome do ex-prefeito de Afogados, Totonho Valadares, que o acompanhou na entrevista. O socialista, no entanto, defende um diálogo com o atual gestor, José Patriota (PSB), argumentando que o nome escolhido pelo grupo precisa ser consensual, não impositivo. Com informações do PE Noticias.

Em Afogados da Ingazeira, Gonzaga Patriota critica equipe de Paulo Câmara

  1. Um gabinete que tem como chefe André Camãos não pode funcionar.Um medíocre como André Campos que está lá só porque faz parte da oligarquia Arrais.

  2. Eu concordo com o posicionamento de Gonzaga Patriota, como sendo falta de respeito e consideração. Isso é consequência quando se coloca pessoa incompetente como secretário, só por questão partidária ou interesse próprio. Gestores que empregam indivíduos incompetentes para trabalhar em certos setores, aliais importante, infelizmente o resultado será insatisfatório, principalmente quando não se sabe lhe dar com o povo ou pessoas interligadas a elas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *