Eleições 2020: Em primeiro pronuciamento como pré-candidato a prefeito, Carlos Neiva fala em “união por Juazeiro”

0

Em seu primeiro pronunciamento oficial como pré-candidato a prefeito de Juazeiro (BA) Carlos Neiva (PV) percorreu emissoras de rádio locais na última sexta-feira (3). Primeiro, agradeceu aos militantes da legenda que apoiaram a sua candidatura, entre eles Antônio Lewis (Cuscuz), Mário Spínola, Valdemar Borges e Wank Medrado.

Depois a vários questionamentos de ouvintes sobre as áreas de saúde, educação, infraestrutura e, especialmente, de desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda, dando ênfase às propostas para o município de Juazeiro. Questionado por um ouvinte a respeito do seu posicionamento em relação ao presidente Jair Bolsonaro e ao governador Rui Costa, a quem ele apoiava, o pré-candidato destacou que o seu projeto é resgatar o município.

Eu apoio Juazeiro, temos que pensar no bem estar da nossa cidade. Juazeiro precisar de um gestor que entenda que tem que haver uma relação de respeito, diálogo e cobrança com as autoridades constituídas, independentemente de lados, ou de partidos. Quem é escolhido para dirigir os destinos de uma cidade não tem o direito de radicalizar em nada, tem que representar e defender as necessidades coletivas. O governador Rui Costa (PT) e o Prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) são exemplos, pois embora tenham diferenças partidárias e ideológicas, se unem pela cidade de Salvador“, elucidou Neiva.

Sobre o adiamento das eleições deste ano, Neiva disse que o Congresso Nacional tomou a melhor decisão. “Acho muito adequada. Estamos vivendo um momento delicado, de muitas incertezas por causa da pandemia. Esse tempo dará condição para as pessoas e a gestão municipal se organizarem, além de termos mais tempo para discutir com a sociedade o melhor caminho para Juazeiro“, elucidou.

Pandemia

Ao final o pré-candidato demonstrou preocupação com os efeitos gerados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “O primeiro passo é tomar medidas imediatas, como testagem rápida e em grande escala, a realização do tratamento dos infectados pela Covid-19 logo nos primeiros sintomas, para que mais vidas sejam salvas e nos aproximemos mais da normalidade, criando soluções para o desenvolvimento da economia, com geração de emprego e renda“, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome