Educadores da rede municipal de Petrolina participam de encontro pedagógico que abre ano letivo 2018

1

Os profissionais da Educação da rede municipal de ensino de Petrolina participaram de um encontro, na sexta-feira (23), com vistas à abertura do ano letivo 2018. Promovido Secretaria de Educação (SEDU), o evento foi preparatório para o início das atividades pedagógicas nas escolas, que começa amanhã (26).

O encontro, realizado na quadra do Senai, contou com a presença da professora Telma Ferraz que ministrou a palestra “Cidade Alfabetizadora: Direito de Todos”, tema da ação pedagógica da SEDU para este ano. Telma é doutora em psicologia, professora da Universidade Federal de Pernambuco e autora de livros sobre alfabetização.  Em sua fala, ela destacou a importância das estratégias e comprometimento dos profissionais com a educação e a alfabetização das crianças.

A secretária Interina de Educação, Larissa Soeiro, destacou a importância do papel dos gestores e vices, orientadores, professores, na construção de uma educação pública de qualidade. “Hoje não é dia de falar de metas, de números, de dados, mas, sim, de abraçar cada um de vocês. Sei das dificuldades, mas juntos estamos construindo no dia a dia uma educação melhor”, salientou.

Representando o prefeito Miguel Coelho, a vice-prefeita Luska Portela reiterou as conquistas alcançadas pela educação municipal no último ano e os objetivos para o ano letivo de 2018. “Em pouco tempo ampliamos em 5 mil o número de vagas na rede municipal, reformamos prédios, contratamos novos profissionais, pagamos o bônus da educação, além de garantir mais dez novos Centros de Educação Infantil. É muita coisa, mas sabemos que ainda há muito a ser feito, pois a população de Petrolina é exigente e, para nós, a educação tem prioridade máxima“.

Estiveram presentes a secretária Executiva de Ensino, Alfabetização e Aprendizagem, Sônia Passos, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), Walber Lins, a presidente do Conselho do Fundeb e vice-presidente do Sindsemp, Inês Silva, além de secretários do governo e vereadores. O evento contou ainda com as apresentações culturais das cantoras Fabiana Santiago e Raquel Wesley e com a apresentação teatral do ator Sebastião Simão, além de uma homenagem aos escritores que participaram com crônicas para a agenda escolar deste ano.

Estrutura

A rede municipal de Petrolina conta com 116 unidades escolares e 78 Novas Sementes para atendimento de creche, pré-escola, fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA), na sede e na zona rural, em 200 dias letivos, como preconiza a lei. Este ano houve um aumento na oferta de vagas em 5 mil, saltado para 55 mil a capacidade de atendimento. As informações são da assessoria da PMP. (Fotos: Ivaldo Reges)

1 COMENTÁRIO

  1. Não vi até o presente momento nenhum gestor reclamar da entrega de merenda escolar em pleno dia e noite do sábado e do domingo, com aulas começando em plena segunda-feira. Falta de competência e de planejamento circundam a educação petrolinense, com o silêncio covarde de gestores que não querem se indisporem com o sistema. Mereceram perder o final de semana. Acho é pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

catorze + catorze =