Educação de Juazeiro terá representante nos encontros do MEC e da UNDIME

por Carlos Britto // 10 de março de 2009 às 16:00

O secretário de Educação de Juazeiro, Plínio Amorim, estará participando durante os dias 09, 10 e 11 de um encontro dos secretários municipais com o Ministério da Educação. O evento, proposto pelo MEC, acontecerá na capital baiana e tem como objetivo apresentar as políticas do Ministério para os novos ocupantes das pastas.

Em seguida o secretário participará de um encontro da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), que também acontecerá em Salvador, nos dias 12 e 13 de março. Na oportunidade serão realizadas reuniões de organização e eleição da diretoria executiva para o próximo biênio.

Fonte: Ascom PMJ

Educação de Juazeiro terá representante nos encontros do MEC e da UNDIME

  1. Carlos Andre disse:

    Boa Tarde,

    Lendo as noticias boas que nosso ex-secretario de educação está dando em Juazeiro, fico imaginando por onde anda nosso atual secretario de educação Petrolina uma pasta tão importante e até o momento não vi nenhum destaque de ações que estão sendo implementadas.

  2. Opara disse:

    CArlos André,

    Cadê as boas notícias… só porque vai participar de um encontro!!! lembre-se que o prefeito de Juazeiro é da base de sustentação de Lula… era para Juazeiro já ter recebidos anúncios de bons ventos.

  3. O calculista disse:

    Opara? Melhor entendido: Ô, para!

  4. Roberto Carvalho disse:

    Ô, Pára!!! q tal a notícia de aumento de 12% no salário dos professores municipais de juazeiro? será q esta é uma notícia boa que os daqui gostariam de receber?
    E mais, esses encontros sempre são importantes pois neles que se conhecem os caminhos das pedras para trazer mais investimentos…
    n vamos fazer torcida contra, ok?

  5. KABEÇÃO DODOI. disse:

    Volta Plinio.
    Tô cum sordade.!!!!!!!!!!!!

  6. João Walker disse:

    Enquanto isso, do outro lado do Rio, tá tudo de perna pro ar na educação…

  7. Opara disse:

    A educação de Petrolina teve péssimas notas. É a mesma coisa do governo federal comemorar a nota de 4,2… gastando rios de dinheiro em propaganda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *