Dois acidentes aéreos deixam 17 mortos na Bahia

por Carlos Britto // 23 de maio de 2009 às 13:30

Nesta sexta-feira (21) dois acidentes com aeronaves provocaram a morte de 17 pessoas, na Bahia.

Em Trancoso, a queda de um bimotor deixou 15 mortos, segundo o corpo de bombeiros de Porto Seguro. O acidente aconteceu num complexo hoteleiro, com um bimotor King Air B350, prefixo PR-MOZ.

As vítimas seriam 11 adultos e 4 crianças. Entre os mortos estão o proprietário do avião, Roger Ian Wright, que é sócio fundador da Arsenal Investimentos, sua esposa, Lucila Lins, os dois filhos do casal – o economista Felipe e a arquiteta Verônica -, dois netos, o genro, outras duas crianças, o comandante, o copiloto e uma aeromoça.

Também no sul da Bahia, um helicóptero que partiu de Montes Claros (MG), com destino a Vitória da Conquista caiu na Fazenda Quati, distrito de Simão, na zona rural do município baiano. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o helicóptero explodiu depois de bater no solo, onde há uma plantação de mandioca. Os dois ocupantes, o piloto e um empresário que não tiveram os nomes revelados, morreram.

Dois acidentes aéreos deixam 17 mortos na Bahia

  1. Vanderley Gondim disse:

    Carlos Britto,
    Gostaria de complementar a notícia a respeito da queda do helicóptero em Vitória da Conquista. O piloto Tiago Henrique Silva Marinho de 23 anos morava em Sobradinho-BA e já trabalhava para o empresário Luiz Eduardo Sampaio Moura (que também morreu no acidente) há 1 ano. O Thiago era muito querido na cidade e todos sentimos muito a sua perda. Era um orgulho para a família. Pilotar aeronaves era um sonho desde criança e que foi interrompido de maneira trágica.

    Obrigado pelo espaço e parabéns pelo blog,

    Vanderley Gondim
    Professor FACAPE / CEFET
    ( a quem lá naquela época do EMAAF, você chamava de Bimba)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *