Doações de sangue caem expressivamente no Hemope

0
Foto: Miva Filho/SES-PE

O estoque de sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) tem preocupado os profissionais de saúde desde o início da pandemia da Covid-19, quando o número de doações começou a decair de forma expressiva a cada mês. Segundo o órgão, o estoque está crítico em todos os tipos sanguíneos e a queda chega a representar 40% do número de doações.

Por esta razão, a instituição solicita o apoio dos seus doadores e da população pernambucana para superar essa fase crítica doando sangue com a maior brevidade possível. O agendamento não é obrigatório, mas se o doador preferir, pode realizar pelo telefone (87) 3866-6601 – Hemocentro Regional de Petrolina, de segunda à sexta das 7h às 12h.

Como doar

Para doar sangue, a pessoa deve ter entre 16 anos e 69 anos e 11 meses (59 anos e 11 meses para a primeira doação). Os menores de 18 anos precisam da presença do responsável legal (pai ou mãe), bem como levar xerox da identidade. É necessário ter mais de 50 kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, além de apresentar um documento original, com foto (exemplo: identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho). Crachás não são aceitos. Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, que são de três meses para homens e quatro meses para mulheres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome