Diretor da Pro Matre aponta irregularidades na licitação do Regional

por Carlos Britto // 10 de março de 2009 às 15:00

O diretor do hospital Pró-Matre, Pedro Borges Filho denunciou hoje na rádio Juazeiro irregularidades na licitação do hospital Regional em Juazeiro.

Segundo Borges, o Imip apresentou na documentação para concorrer a licitação do hospital, como gestora do Imip a ex-secretária de saúde de Petrolina, Graça Carvalho.

“Houve uma irregularidade de alta relevância, o Imip apresentou com diretora administrativa e financeira, com salário registrado em carteira de R$ 8.000, a então secretária de saúde de Petrolina, Graça Carvalho. Como ela pode ser gestora do município e ser funcionária de um a instituição que presta serviço ao próprio município?”, questionou Borges.

Ainda de acordo com o diretor diante da irregularidade vai ser pedida a impugnação da do Imip na licitação.

Em nota a assessoria de imprensa do Imip disse que a ex-secretária Graça Carvalho não tem nenhum vinculo profissional com a instituição.

Diretor da Pro Matre aponta irregularidades na licitação do Regional

  1. Geraldo José disse:

    Até que enfim acabará o reinado deste sr, na saúde de juazeiro.
    ele participou da licitaçao com 2 empresas.
    nao tem capacidade de dirigir uma pocilga, imagina um hospital daquele tamanho.
    a pocilga irá fechar gracas a deus.

  2. PETROLINA NÃO PODE ESPERAR! disse:

    Geraldo José, não entendi o seu comentário quem vai fechar.

  3. Geraldo José disse:

    A pocilga, claro….PROMORTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Valeu IMIP!!! disse:

    É um absurdo a difamação do Sr. Pedro Borges nas rádios de Juazeiro. Sabe-se lá o porquê de tanto espaço que esses meios de informação dão a ele, sempre com acusações infundadas, se achando o dono do pedaço, o senhor da razão. Toda essa difamação é pq ele não sabe perder. Como pode ele perder uma licitação, se ele sempre consegue tudo aqui em Juazeiro comprando um e outro? O q o MP deveria investigar é como a Pro Matre é intitulada entidade filantrópica, SEM fins lucrativos, se livrando assim do pagamento de vários impostos, sendo q TODO MUNDO sabe q aquele hospital de filantrópico não tem NADA!! Finalmente Juazeiro vai ter um serviço de urgência/emergência decente e não aquela medicina mentirosa de aplicar um soro e uma injeção em um paciente e liberá-lo mandando-o procurar o Posto de Saúde, sem seuquer resolver o problema do paciente. Com o serviço q o IMIP vai prestar, tenho q concordar com o Sr Geraldo José q fala q a Pro Matre pode e deve fechar! Chega de enganar a população de Juazeiro com o serviço de péssima qualidade q este hospital presta. Valeu, IMIP!!!

  5. Roberto Tavares disse:

    Esse Pedro Borges Filho não tem moral nenhuma para falar de saúde, pois o mesmo presta um desserviço em Juazeiro, o ministério público deveria era investigar a Pró-Matre, onde sabemos que existem inúmeras irregularidades e presta um serviço de péssima qualidade aos juazeirenses. Aquilo não é um hospital é um matadouro público!

  6. tabareo disse:

    Promata
    Arapuca

  7. willian michel disse:

    VIXE! QUEM GANHOU A LICITAÇÃO FOI O IMIP?, VAI DESMONTAR O PRÉDIO TODINHO E LEVAR PARA PETROLINA JUNTAMENTE COM OS EQUIPAMENTOS. HOUVE UM TEMPO QUE TODO PETROLINENSE NASCIA BAIANO (EM JUAZEIRO/BA), AGORA, A HISTÓRIA SE INVERTE, TODO JUAZEIRENSE NASCERÁ PERNAMBUCANO (EM PETROLINA/PE). E OLHA QUE NÃO DEFENDO A PRO-MATRE NÃO!!!

  8. willian michel disse:

    SALA DE PARTO, UTI NEO NATAL… NÃO É POSSIVEL QUE O MINISTÉRIO DA SAÚDE ACHE QUE JUAZEIRO NÃO POSSA TER ESSES EQUIPAMENTOS, SO POR QUE DEPENDE DA CIDADE PÓLO, PETROLINA, E TRANSFIRA TUDO PRA LÁ., OS POLITICOS DE JUAZEIRO NÃO TEM FORÇA MASMO, POIS LEMBRAM-SE DA DESCULPA PRA NÃO IMPLANTAR UM CEFET EM JUAZEIRO, DIZIAM QUE O POLO ERA PETROLINA E NÃO PODERIA TER 2 CEFETS EM CIDADES TÃO PRÓXIMAS, E SÓ PETROLINA TEM 2! AGORA TERÁ SALAS DE PARTO A VONTADE E 2 UTI’S NEO NATAL. E JUAZEIRO COMO SEMPRE A VER VAPORES…, OU MELHOR NEM ISSO MAIS! JÁ QEU NÃO CONSEGUIRAM LEVAR A FRANAVE PRA PETROLINA, PREFERIRAM ACABAR COM ELA DO QUE DEIXAR EM JUAZEIRO!, TODOS OS ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS ESTÃO EM PETROLINA, COM EXCEÇÃO DO IBAMA E DA POLICIA FEDERAL, QUE NÃO SEI QTO TEMPO RESTA DELES POR AQUI

  9. willian michel disse:

    AH! PRA FINALIZAR, AINDA RESTA TAMBÉM POR AQUI UMA CODEVASF CAPENGA, QUE ENQUANTO A DE PETROLINA RECEBE R$ 25 MILHÕES, A DE JUAZEIRO RECEBE R$ 2 MILHÕES OU R$ 3 MILHÕES. NÃO CONSEGUI VER MAIS NENHUM ORGÃO FEDERAL AQUI EM JUAZEIRO ALÉM DESSES!

  10. bento gonçalves disse:

    O que faltou ao Sr Pedro Filho foram AS PROVAS, a apresentação de DOCUMENTOS sobre a denuncia. Ainda assim, seria preciso averigurar se o que ele denunciou nao está dentro da lei. Mas é obvio que como representante de um hospital ele tem os interesses dele

  11. Interessada disse:

    Olha gente é importante lembrar que a promatre concorre com 2 nomes (pessoas juridicas) diferentes na licitação a qual o IMIP concorre também!
    Basta analisar o serviços prestados por esta instituição e dar um rápido passeio pelo atual estado do Dom Malan, gente a diferença é gritante!!!!! Mas o IMIP na adminstração do Hospital Regional vai prestar um serviço específico , até onde sei são serviços pra nefrologia , queimados e tratamento de cancer… Em fim, sei que a Saude não pode esperar e ao que vemos os interesses pessoais de pesssoas como esse senhor Pedro acabam querendo desqualificar o serviço prestado pelo IMIP.
    Abram os olhos!!!!!!!

  12. Tabareo disse:

    Paixões de lado o que interessa é uma saúde boa para a população que não pode pagar.
    Aqui nesse blog quem opina tem dinheiro e plano de saúde,se quem realmente vai usar o sus opinasse seria a favor do IMIP.Se a promata fosse boa todo o juazeiro seria atendido la,sera que é??????
    Tudo jogo de palavras verdade que é bom nada.
    Vamos pensar na população e não em interesses pessoais.

  13. assisti disse:

    o pessoal do outro lado (Petrolina), não gosta do lado de cá (juazeiro), eles vão sucatear o HR, veja o exemplo da Univasf, os melhores cursos estão em Petrolina, e o resto eles dividem entre Juazeiro, S. R. Nonato e Sr. do Bonfim. olha cuidado, so vem pra cá o resto, o atendimento, o tratamento pode não ser o mesmo.

  14. Harisson, Juazeiro BA disse:

    Discordo com voce Assisti…
    As engenharias é uma area muito mais promissora que a saude, pode observar que todas as cidades que as possui são mecanizadas, logo logo vai acontecer com Juazeiro o que acontece com Sao Jose dos Campos e Campinas por exemplo, estaremos formando novas tecnologias aqui…entao nada de “so vem pra ca o resto”, nao pense assim, o que acontece foi que tivemos gestores muiiiiitttoooo fracos mas agora a historia muda de rumo, quanto a saude tudo vai melhorar! Um abraço.

  15. Vitorio Rodrigues disse:

    Gente, não esqueçam que Petrolina e Juazeiro são duas cidades irmãs e amigas. As duas constituem um grande pólo. Então, porque esse bairrismo?.

  16. CELESTE disse:

    O que sabemos tb é que a “PROMORTE” não tem as Certidões Negativas de Debitos – CND, junto ao Fisco, pois deve INSS e FGTS há varios anos e não tem como concorrer em qualquer processo de licitação descente.

    Esse Sr é….. todo mundo sabe o que, tá pensando q.

  17. ednaldo disse:

    Eu acho um absurdo o descaramento,em falcidade dessa politica em juazeiro.coloca um concursso em um hospital público e engana a toda população. sendo que 50% ou mais dos funcionarios ja estam contratados,atravez dos ladrões politicos de juazeiro.

  18. vania veras disse:

    Olá

    Não sei se alguem pode me ajudar estou partindo de informações para investigar a paternidade do meu marido, ele tem 39 anos e no início deste ano ficou sabendo que nao é filho da pessoa que o registrou e as informações que consideramos como verdadeiras são as que a mãe dele passou se vcs puderem nos ajudar e dar pelo menos o caminho por onde começar ja agradeço.

    Nome da mãe : Celia da Silva noronha
    Nome do pai biologico:Airton pinto feitosa
    data de nascimento:30.11.1969

    informações dela ele nasceu na pro matre rj.

  19. Marília Trajano disse:

    Olá, estou procurando por minha irmã gêmea, chama-se Alicia Pinto Gama Feitosa e nasceu na Pro-matre em 12.06.1970, é negra e tem a perna esquerda mais curta que a outra, defeito de nascença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *