Despesas da Câmara de Lagoa Grande viram controvérsia na cidade

por Carlos Britto // 24 de novembro de 2022 às 08:00

Foto: Ascom PMLG/divulgação

O período de recesso parlamentar se aproxima, mas em Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, uma polêmica deve render além disso. O motivo são as despesas da Câmara de Vereadores local, que estão dando o que falar.

Para se ter uma ideia, enquanto o chefe do Executivo, Vilmar Cappellaro, gastou R$ 25.225,00, o presidente do Legislativo, vereador Josafá Pereira, gastou R$ 25.350,00. A diferença é de apenas R$ 125,00.

Um levantamento realizado pelo Blog Lagoa Grande Notícias, através do Site Tome Conta, do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, de janeiro a agosto deste ano o valor de diárias pagas pela Casa Zeferino Nunes já chega a R$ 220.400,00.

O número salta aos olhos, sobretudo pelo fato dos trabalhos em plenário dos vereadores, que têm participado de sessões rápidas e sem pauta. Sem contar que tem vereador que somente assina a presença na sessão, porque entra mudo e sai calado, sem sequer colocar uma indicação em prol das comunidades. O presidente Josafá Pereira e os demais vereadores, inclusive os que fazem parte da Mesa Diretora, parece não se incomodar com esses detalhes. Mas deveriam, porque em breve serão julgados pela população.

Despesas da Câmara de Lagoa Grande viram controvérsia na cidade

  1. Ludimila disse:

    Eu acho é pouco eu quero mais e o melhor eles rindo das nossas caras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.