Desperdício: Operários do Parque Eólico de Casa Nova, obra do Governo Federal, paralisam atividades

3

IMG_0769

IMG_0742

Cerca de 400 operários paralisaram as atividades nesta quarta-feira, (6) no canteiro de obras no Parque Eólico de Casa Nova, no município de Casa Nova, norte da Bahia. A obra é do Governo Federal através da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (CHESF) e prevê a construção de 120 torres para captação de energia eólica a um custo estimado de 800 milhões de reais.

O motivo da parada foi o atraso nos salários e problemas estruturais como a logística na entrega dos equipamentos, desperdício com armazenamento e estruturas abandonadas. A empresa ganhadora da concorrência é IMPSA Wind, que repassou a operação de construção das torres a outras pequenas empresas:  TEC, DOIS A, CGE, Construcel e IM.

A obra tem como meta a geração de energia alternativa e limpa com o objetivo de afastar o risco de ‘apagão’ e alavancar o desenvolvimento do Nordeste, assim é o argumentou do Governo Federal. A informação entre os empreiteiros é de que já foram liberados 70% dos recursos, e menos de 30% das obras estão concluídas.

Um dos líderes do movimento e integrante da CIPA, Eduardo Rodrigues, informou que operadores de guindastes ficaram mais de três meses indo para a obra, distante dez quilômetros da sede de Casa Nova, recebendo salários, à espera das pás das torres que ainda estão no porto de SUAPE em Recife.

3 COMENTÁRIOS

  1. ” A informação entre os empreiteiros é de que já foram liberados 70% dos recursos, e menos de 30% das obras estão concluídas.”

    É pra evitar esse tipo de situação que serve o cronograma físico-financeiro. Se os dois não estão caminhando juntos, há forte indício de corrupção.

    • caro amigo não é corrupção não….é incompetência mesmo….eu trabalhei nessa obra ai durante dois anos….na dois a engenharia onde se tem bons profissionais….e na impsa 4 ou 5 bons e o resto era ruim msm….e afirmo que a impsa e a tec estão cheia de profissionais ruins de péssima formação técnica….ali é uma obra e eles sempre trataram como fábrica e não como obra…..onde nao se tem pessoas competentes e dedicados o resultado é um só….

      FALÊNCIA DA OBRA

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome