Descaso: Cratera na Orla de Juazeiro tem mais de 50 dias

1

CAM01435

As caminhadas matinais da professora aposentada Ângela Marta Rodrigues Araújo, pela Avenida Carmela Dutra, na Orla de Juazeiro, não estão mais seguras. Há mais de um mês, uma cratera com quase de 1 m² tomou a calçada. A cratera fica próxima ao Centro de Saúde Dr. Altino Lemos.

“Quando chegamos nesse ponto temos que descer a calçada para seguir. Uma criança ou um desavisado pode cair”, alertou a aposentada. O buraco leva à beira do Rio São Francisco e a profundidade pode chegar a 3 metros.

Próximo ao buraco ainda existe restaurantes, onde há movimentação de pessoas durante todo o dia e à noite. “Esse buraco já está ai há 50 dias e nada foi feito. Colocaram esses cavaletes, que não oferece segurança, uma criança pode cair ai a qualquer momento”, disse outro transeunte.  Com a palavra, o poder público municipal.

Por Iana Lima

1 COMENTÁRIO

  1. O poder público municipal é negligente em relação a esse fato, e negligente também em relação a outros problemas graves do município, como as muriçocas. Parece que, o que permeia essa administração é o descaso. E quanto mais se cobra nos meios de comunicação, menos eles tomam providência. O povo de Juazeiro esta em péssimas mãos, não há meios de punir o prefeito pela obrigatoriedade que ele tem de prestar os serviços públicos. Os essenciais e esse urgente que colocar em risco as vidas da pessoa. Como o prefeito já se mostrou negligente e costumeiramente ao longo desses 6 anos, parece não ter compromisso com a administração pública, que é um obrigação irrecusável por conta dele ter se candidato e ter sido eleito, resta para toda população de Juazeiro o caminho do processo judicial, a busca da tutela do poder judiciário. Então para essa senhora, o caminho é abrir um processo judicial, no ministério público, contra ato de improbidade administrativa, por que não há mais como argumenta, passado já 50 dias, do por quê não ter havido ainda a solução desse problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome