Deputado baiano manifesta apoio à mobilização de estudantes da Univasf

5

paralisacao-mobilizacao-estudantes-univasf

O deputado estadual Crisóstomo Lima ‘Zó’ (PCdoB-BA) se pronunciou favorável à mobilização dos estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), que paralisaram as atividades nesta segunda-feira (10) nos campi Petrolina Centro, Ciências Agrárias (também em Petrolina) e Juazeiro (BA). Eles estão ocupando o prédio da sede da Reitoria, em Petrolina. O motivo são os cortes que devem acontecer no orçamento de 2017 da universidade. Em nota,  Zó reafirma ser contra contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que pretende congelar gastos em saúde e educação por 20 anos.

A assessoria do parlamentar enviou nota a este Blog, ratificando seu posicionamento. Confiram:

O deputado estadual Zó (PCdoB) vem a público reafirmar o seu compromisso com a população e demonstrar apoio aos estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Na manhã desta segunda-feira (10) eles ocuparam a reitoria e paralisaram as atividades nos campi Juazeiro e Petrolina.

Zó é contra a Proposta de Emenda à Constituição 241, que pretende congelar gastos em saúde e educação por 20 anos, considerando a emenda um impacto brutal e que traz grandes perdas para todos os brasileiros. Limitar gastos na educação é barrar o crescimento de jovens e, consequentemente, de todo o Brasil.

Atualmente, a Univasf oferta mais de 20 cursos de graduação e recebe alunos de várias regiões do país. Caso a PEC 241 seja aprovada, muitos estudantes que necessitam da ajuda do governo ficariam prejudicados e impossibilitados de frequentar a universidade. Sem falar nos professores e demais funcionários, que também sofreriam danos.

Zó ainda reitera o seu compromisso e luta por um sistema de educação acessível e acolhedor a todos os brasileiros. O deputado afirma que não se pode permitir que um governo golpista e sem nenhuma legitimidade tire o que gerações passadas conquistaram com muita garra e, hoje, garantidas na Constituição Federal.

Com reformas feitas por políticos que não conhecem a realidade do país em que vivem, os primeiros cortes são na educação e saúde, o que demonstra a total falta de conhecimento e compromisso com o povo. Muitos cortes já foram feitos na área de educação. A PEC 241 coloca em risco o futuro das universidades, dos institutos federais e também do Sistema Único de Saúde (SUS), e isso é um passo para trás.

Ascom/ Zó

(foto: DCE Univasf/Facebook)

5 COMENTÁRIOS

  1. É muito fácil o Sr Deputado defender o legado deixado pelo governo perdulário e irresponsável do PT e PCdoB.
    Não se trata de conter gasto em educação ou saúde, até por isso não acontecerá. Trata-se no momento de resolver a quebra do país.
    Zó é simplesmente um irresponsável que participou do grupo que criou 12 milhões de desempregados e agora faz demagogia com os alunos da Univasf.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome