Delegacia especializada de Juazeiro desbarata esquema de adulteração de veículos e apreende armas

3
Foto: DRFRV/divulgação

Investigadores da DRFRV (Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos) deram cumprimento no dia de ontem (13) à ordem judicial de busca, durante operação policial em Juazeiro (BA) que investiga a venda de caminhões roubados, de veículos de luxo com restrição judicial, falsificação de documentos públicos e porte ilegal de arma de fogo. O esquema seria coordenado por um suposto empresário da cidade e um cúmplice, que não tiveram as identidades reveladas.

Sob a chefia do delegado Nelis Araújo Jr., que contou com gerente de operação Flávio Quirino, equipes de Salvador deram cumprimento aos mandados de busca e apreensão oriundos da 1ª Vara Criminal de Juazeiro. A ação visa à conclusão do inquérito que apura a conexão desse suposto empresário com o presídio local e o de Salvador, após ‘esquentar’ veículos roubados no Rio de Janeiro com documentos falsos no Pará, os quais eram vendidos para vítimas que, confiando na autenticidade dos documentos, caem no golpe.

Entre os veículos apreendidos estão dois caminhões Ford – um deles de placa QKG-1177, roubado em Nova Iguaçu, já apreendido em Belo Horizonte (MG) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF); e outro de placa PIJ-5199, que se encontra ora apreendido pela Delegacia Territorial de Jequié(BA)/Depin –, Um Honda Civic EX CVT, placa GFF-0529, fruto de roubo no Rio de Janeiro, que estava em poder do acusados, e um Chevrolet Camaro, com restrição judicial, que estava sendo comercializado pelos acusados.

No imóvel do suposto empresário ainda foram apreendidas duas pistolas semiautomáticas calibre 380 e 6.35, a quantia de R$ 32.400,00, um carregador, 260 folhas de cheque de bancos diversos, uma carabina calibre 6.5, documentos de CRV e CRLV, 53 munições intactas de calibre 38, 15 de calibre 6.35 e duas de calibre 380.

3 COMENTÁRIOS

  1. SÓ UMA COISA AI BRITTO QUE A DELEGACIA DE JUAZEIRO NÃO TEM NADA HAVER COM ESSA OPERAÇÃO E NEM FICOU SABENDO PQ FOI TUDO FEITO POR SALVADOR E A EQUIPE Q VEIO TAMBÉM FOI DE LÁ

  2. Duvido muito a Delegacia de Juazeiro, não saber. Como a investigação começou por Salvador, e justo eles virem e efetuar a prisão. O mesmo seria se fosse ao contrário!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome