De forró a axé, puxada em homenagem aos 124 anos de Petrolina arrasta multidão na Orla II

0
Crédito: Alexandre Justino/PMP divulgação

De forró a axé, o terceiro ano da puxada que marcou, na noite de ontem (21), os 124 anos de emancipação política de Petrolina, foi uma animação só na Orla II da cidade. O evento contou com a presença de milhares de pessoas, que ficaram extasiadas ao som de  Kiko Chicabana e de Felipão.

Tendo como pano de fundo as águas do Rio São Francisco, o público relembrou grandes sucessos das atrações e caiu na dança com a mistura de ritmos. Já era madrugada de domingo (22) quando os dois artistas proporcionaram um dos momentos mais marcantes da festa. O aniversário de Petrolina possibilitou o reencontro dos cantores, cerca de 10 anos depois – Felipão e Kiko, o qual agradeceu ao prefeito Miguel Coelho pela oportunidade.

Desde 2017, quando a atual gestão municipal deu início a essa nova tradição das grandes puxadas com trios elétricos, os festejos são marcados pela tranquilidade e animação do público. Quem vem de fora também observa essas caraterísticas. De passagem pela cidade a trabalho, o engenheiro civil Carlos Albuquerque aprovou o formato. “Gostei bastante. Achei uma festa tranquila, que dá pra curtir com a família. É a primeira vez que acompanho e achei muito bacana“, pontuou.

Para o prefeito Miguel Coelho, a festa deste ano foi ainda mais completa por atingir uma maior variedade de público. “Fizemos uma noite de adoração, um belo concerto em homenagem a Geraldo Azevedo e encerramos com essa grande puxada. Portanto, agradamos a todos os públicos. Creio que essa é a melhor forma, fazendo com que todos celebrem da sua forma os 124 anos de Petrolina“, avaliou.

Ocorrências

O esquema de segurança foi reforçado para garantir que os petrolinenses pudessem curtir em segurança do início até o retorno para suas residências. Com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar (PM), de uma empresa de segurança privada, além do suporte do Samu, Corpo de Bombeiros e AMMPLA, nenhuma ocorrência grave foi registrada ao longo da festa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome