Curaçá: Candidatura de Murilo Bomfim a prefeito nas eleições 2020 é oficializada

0

O atual vice-prefeito Murilo Bomfim (PT) foi confirmado no último domingo (13) como o candidato a prefeito de Curaçá (BA), norte da Bahia, nas eleições deste ano, em aliança entre o Partido dos Trabalhadores (PT), PCdoB e Progressistas. O jovem Caik Brandão (Progressistas) concorrerá como vice. A convenção municipal foi realizada na Escola Tereza Cristina e também oficializou a escolha dos pré-candidatos a vereador do PT e do Progressistas, e foi transmitida para filiados através da internet. O evento contou com a presença dos deputados estaduais Tum (PSD) e Zó (PCdoB), de Salvador Lopes (ex-prefeito de Curaçá por três mandatos) e de Carlinhos Brandão, também ex-prefeito e pai de Caik Brandão. 

Também foram exibidas mensagens de apoio do senador Jaques Wagner (PT), do vice-governador da Bahia, João Leão (PP), dos deputados estaduais Eduardo Salles (Progressistas),  Marcelino Galo (PT), e dos federais Mário Negromonte Júnior (Progressistas) e Afonso Florence (PT). 

Caik Brandão é advogado, especializado em consultoria na administração pública,  e concorre pela primeira vez a uma eleição. “Minhas raízes estão fortalecidas nesta terra, estudei em Curaçá, construí minha base e o alicerce da minha trajetória aqui, estudei fora e tenho o privilégio de poder compartilhar a experiência que adquiri para construir uma Curaçá progressista, para ajudar no desenvolvimento da minha terra que tanto tem potencial em diversas áreas”, pontuou. 

Já Murilo Bomfim, que é empresário e dono de uma oficina e borracharia, exerce o cargo de vice-prefeito e diz que foi “escanteado” pelo atual gestor Pedro Oliveira. “Sou filho de família humilde, trabalhei desde os nove anos, passei por diversas situações de dificuldades, criado somente por minha mãe, que tenho um grande orgulho, e por isso me considero um vencedor. Tenho dito que minhas batalhas sempre foram vitoriosas e esta responsabilidade que agora enfrento não será diferente. Sempre atuei em causas sociais, porque sinto que é um dever retribuir a ajuda que Deus me deu. Sinto que posso fazer mais e é por isso que começamos essa nova jornada, junto com todos os filiados, pré-candidatos e com o povo que necessita de muita atenção, na geração de emprego, como no apoio para a zona rural”, declarou. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome