‘Cracolândia’ ao lado da rodoviária: um caso cada vez mais sem solução em Petrolina

4
Usuários de drogas e pessoas em situação de rua dividem espaço ao lado da Rodoviária de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

“Porta de entrada da cidade”, o Terminal Rodoviário de Petrolina enfrenta problemas em sua estrutura há anos e nada é feito pelo Governo do Estado para melhorar a situação. Considerada uma das vergonhas da principal cidade do Sertão, a rodoviária não passa boas impressões a quem chega de ônibus, e agora conta com outro agravante: o consumo de drogas em frente e próximo ao local. Esse ponto da cidade, inclusive, já é conhecido como ‘Cracolândia’.

Vários foram os flagrantes feitos pela Polícia Militar (PM) e também pela Guarda Civil Municipal (GCM). Muitas apreensões de drogas já foram feitas nas imediações do terminal. O clima  é de medo, pois os usuários de drogas ficam próximos à rodoviária e causam insegurança para comerciantes e trabalhadores do local. Para os visitantes, então, nem se fala.

Não importa o dia da semana, nem a hora. Além de consumir entorpecentes sem o menor pudor, eles ainda provocam medo em quem precisa caminhar pela rua ou frequentar algum  local próximo. A PM já informou que rondas são feitas com frequência no local, mas o problema dos usuários de drogas também é uma questão social.

Identificação

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos ressalta que um trabalho de busca ativa vem sendo feito, periodicamente, a fim de identificar e dar assistência a este público, principalmente, através do Centro de Referência Especializado em População em Situação de Rua, o ‘Centro Pop’.

Neste equipamento, de acordo com a Secretaria, as pessoas atendidas tomam café da manhã e também recebem fichas diárias para almoço e jantar no Restaurante Popular. O Centro Pop, que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, também disponibiliza local para banho, lavagem de roupas, doação de roupas e serviços como cadastramento para o programa Bolsa Família, além de orientação para a recuperação de dependentes químicos, caso seja necessário.

Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, para otimizar este trabalho de ressocialização, a prefeitura também vem firmando parcerias a fim de minimizar os efeitos nocivos do rompimento afetivo e social da população em situação de rua.

4 COMENTÁRIOS

  1. SÓ AGORA É DE COMPETÊNCIA DO ESTADO, O GRUPO COELHO PASSOU 8 ANOS DIZENDO QUE A CULPA ERA DA PREFEITURA AGORA QUE ESTÃO NA PREFEITURA QUEREM TIRAR O CORPO FORA… ESSA GESTÃO NOVO TEMPO PENSA QUE ME ENGANA, ENGANOU MUITOS QUE VOTARAM, MAS NA PROXIMA NAO GANHA MAIS

  2. Boa Tarde!
    Existem diversos pontos em Petrolina, que os usuários consomem drogas a luz do dia. Outro ponto é a orla da cidade, nas proximidades do posto orla. Um agravante é que o dito posto funciona uma “ conveniência”, que na verdade é um Bar 24 horas. Se não tiver fiscalização e contribuições de todos a situação vai ficar sem controle. Agora uma cidade que não consegue coibir som de carro alto e moto fazendo barulho. Fica difícil do cidadão entender que não pode usar droga no meu da rua.

  3. faço um trabalho missionário ali .. eles falam que não podem ir para o centro pop pq é muita burocracia. eu não conheço as regras mas um deles mim falou que queria só tomar um banho e foi barrado..nem todos que estão ali são usuários de droga.. o poder público podia ver caso a caso vergonha é ninguém fazer nada.ali tem mulheres gravidas precisando de enxovais de consultas médicas.. não estou defendendo estou apenas explicando o pouco que eu conheço inclusive quero dizer ” saiam dos ar condicionados e vá la dar ao menos uma palavra de conforto. existe pai de familia que veio tentar a sorte aqui e não arrumou nada e tbm não tem como voltar para a cidade natal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome