Coronavírus: governo de Pernambuco suspende aulas em todo o estado

0

O governo de Pernambuco anunciou, na noite dessa segunda-feira (16), que estendeu para todo o estado a medida de suspensão de aulas para prevenir a disseminação do novo coronavírus. A rede estadual de ensino, que tem 1.060 escolas e 580 mil estudantes, terá todas as atividades suspensas a partir desta quarta-feira (18).

Um novo decreto estadual trará medidas preventivas em diversos setores para evitar a propagação do Covid-19 no estado. Entre as ações, está a suspensão das aulas em toda a rede de ensino pública e privada pernambucana (escolas, escolas técnicas e universidades). As atividades do Complexo Santos Dumont, em Boa Viagem, e do Conservatório Pernambucano de Música, na área central do Recife, ambos ligados à Secretaria Estadual de Educação, também serão suspensas por tempo indeterminado.

“Iríamos fazer a suspensão das aulas na rede pública estadual por etapas, observando a ocorrência de casos no estado. Porém, uma sequência de aparecimento de casos suspeitos no interior no estado e o caso confirmado em Belo Jardim, entendemos como prudente suspender as aulas a partir de quarta-feira em todas as escolas do estado. Sabemos que tem um impacto social porque esses jovens ficarão em casa. É uma medida que vai atingir as famílias, mas entendemos que essa é uma decisão importante a ser tomada”, disse o secretário estadual de Educação, Fred Amancio.

A medida também atinge as escolas privadas do estado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de Pernambuco (Sinepe-PE), José Ricardo Diniz, explicou que a rede particular de ensino havia decidido que onde houvesse determinação de suspensão de aulas pelas gestões públicas, as escolas privadas iriam seguir as decisões. “Acompanharemos a situação diariamente e temos uma nova reunião de monitoramento nesta sexta-feira (20). Também estamos em conversa com os sindicatos laborais e precisamos conversar com as categorias, pois nos preocupamos também com os professores e funcionários”, afirmou. Pernambuco tem 2,4 mil escolas particulares que atendem cerca de 400 mil alunos.

Nesta segunda-feira, antes da decisão do governo do estado ser anunciada, vários municípios haviam divulgado a suspensão das atividades. A primeira rede a anunciar a suspensão das aulas foi o Recife, no domingo (15). Nesta segunda, Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Goiana, Igarassu, Camaragibe, Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Ipojuca foram alguns dos municípios que também anunciaram suspensão das aulas a partir desta quarta-feira. (Fonte: Folha PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome