Coordenadora do Conselho Popular diz que vinda de petista a Petrolina não é política

por Carlos Britto // 16 de maio de 2009 às 08:30

brigida-conselho-popularA coordenadora geral do Conselho Popular de Petrolina, Maria Brígida Ferreira, atribuiu apenas a uma coincidência o fato do ex-prefeito do Recife, João Paulo, estar de volta a Petrolina. Ele vem a convite da entidade participar de um seminário sobre alternativas de sucesso para se enfrentar momentos de dificuldades econômicas como o atual. O evento acontece hoje (16) e domingo (17) no Hotel do Grande Rio.

João Paulo já tinha estado por aqui no último dia 1º, juntamente com o governador Eduardo Campos, por ocasião do lançamento do programa Chapéu de Palha. E, como se sabe, o petista tem procurado difundir o seu nome além da Região Metropolitana do Recife, já que é potencial candidato a senador.

Maria Brígida argumenta que o Conselho Popular (formado por representantes de vários segmentos da sociedade petrolinense, entre eles advogados, professores e líderes comunitários) sempre manteve uma linha de independência política e que convidou o ex-prefeito pela sua experiência de ter governado o Recife por duas vezes.

“A gente preza sempre por uma autonomia. É claro que vamos ter momentos em que poderemos convocar outras pessoas de outros partidos. Coincidentemente agora é João Paulo, pela sua experiência. Ele vai nos dar uma grande colaboração”, pondera a coordenadora do Conselho Popular.

Coordenadora do Conselho Popular diz que vinda de petista a Petrolina não é política

  1. ATENTO disse:

    kkkkkkkkkkkkkkk
    Se não é política, é diversão! hahahahahaha
    Será que a coordenadora acha que nós somos bestas!?!

  2. raimundo pires disse:

    este conselhonem existe mais kkkkk,temmaisde 10anosque acabou,afederaçãoveioe acabou comele quemmanda ser inoperante,so serve paraosinteresses de umminúsculo grupo,nunca vi por exemplo este DR.DÁCIOEMCONSELHOKKKK

  3. Antoin de padua disse:

    Tudo é política, qual o problema? E por que a matéria é tão depreciativa, que coloca o Conselho na defensiva? Se fosse um encontro com Fernando Bezerra Filho, Fernando pai ou qualquer coelho, haveria esse questionamento?

  4. Opara disse:

    Eu acredito na Conselheira. Também acredito que não são os pais que colocam os presentes para os filhos no Natal. Eu acredito em Papai Noel.

  5. O VIRTUAL disse:

    Seria bom que esse conselho tiversse legalidade para devender os interesses dos Petrolienenses………………………………

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *